Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Assaltante de farmácia em SP era foragido da polícia

Com a chegada da polícia, testemunhas contaram que cinco reféns conseguiram fugir

Assaltante de farmácia em SP era foragido da polícia
Assaltante de farmácia em SP era foragido da polícia | G1
Compartilhe

Um dos bandidos que manteve seis ref?ns em uma farm?cia na noite desta quarta-feira (27) era foragido do pres?dio de Pacaembu, a 617 km da capital, tamb?m por roubo. Com outro assaltante, ele se entregou ? pol?cia depois de duas horas de negocia?es, sem ter suas exig?ncias atendidas.

Seis pessoas, entre funcion?rios e ref?ns, estavam no estabelecimento, na Avenida Ant?rtica, altura do n?mero 700, em ?gua Branca. O gerente da loja, uma das v?timas, conseguiu acionar o sistema de alarme quando o assalto foi anunciado, por volta das 22h30. Com a chegada da pol?cia, testemunhas contaram que cinco ref?ns conseguiram fugir pelos fundos da loja e sa?ram pelo telhado, sendo resgatados em uma oficina mec?nica ao lado. Apenas o gerente continuou em poder dos bandidos.

Durante as negocia?es com a pol?cia, um dos criminosos exigia a presen?a de parentes e tamb?m de um advogado para se entregar. Uma arma foi mantida na cabe?a do ref?m. Depois de duas horas, os dois assaltantes sa?ram com as m?os para o alto e se entregaram, sem ter suas exig?ncias atendidas.

Eles foram levados para o 23?DP (Perdizes) e v?o responder a processo por roubo. Bastante abalado, o gerente recebeu atendimento m?dico ainda na farm?cia. No local, a pol?cia encontrou R$ 268. As notas foram retiradas do caixa.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar