Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bando ofereceu turista estuprada em van para homem em favela

O casal ficou quase seis horas em poder da quadrilha, sendo torturados física e psicologicamente, depois de pegarem o veículo

Bando ofereceu turista estuprada em van para homem em favela
Três estupraram turista dentro de van | O Globo
Compartilhe

Os três suspeitos detidos por estuprar, agredir e roubar um casal de estrangeiros, no último dia 30, ofereceram a jovem americana em uma comunidade a um homem que recusou a oferta. Segundo o delegado Gilbert Stivanello, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), o bando fez uma parada em uma comunidade para entregar um pacote a um homem, oferecendo também a vítima a ele. De acordo com Stivanello, o homem recusou, dizendo que a jovem ?estava muito estragada?.

? A vítima não conseguiu reconhecer a comunidade, mas pelo rastreamento, tudo indica que foi pela região de São Gonçalo. Ele debochou do estado em que ela se encontrava, muito machucada, e disse que não queria. Ele não ingressou na van, e o bando seguiu com o veículo, dando sequência às agressões ? disse o delegado nesta segunda-feira.

Além de terem assaltado o casal ? saíram por Copacabana para ?caçar gringos?. A informação foi dada, em depoimento, pelo adolescente F., de 13 anos, que atuava como cobrador do veículo e foi detido neste domingo, escondido num abrigo no Centro. Além dele, outros três criminosos já foram presos.

O menor negou ter estuprado a turista, mas confirmou participação no roubo. Segundo o delegado assistente Gilbert Stivanello, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente(DPCA), responsável pela detenção, F. admitiu que agrediu o turista francês. Ele disse que foi trabalhar como cobrador, mas sabia que o grupo tinha como hábito assaltar os passageiros. Segundo F., o motorista do veículo, Jonathan Froudakis de Souza, de 19 anos, e o cúmplice Walace Aparecido Souza Silva, de 21, já tinham combinado, antes de o casal de turistas embarcar, que iam percorrer Copacabana em busca de estrangeiros para assaltar. O menor contou que Jonathan teria dito: ?Hoje (dia 30), a gente está querendo caçar gringo?. Tanto Jonathan como Walace já estão presos, assim como um terceiro acusado, Carlos Armando Costa dos Santos, de 21.

O casal ficou quase seis horas em poder da quadrilha, sendo torturados física e psicologicamente, depois de pegarem o veículo. A jovem foi estuprada seguidas vezes. O francês, na tentativa de defendê-la, foi atacado com uma barra de ferro. A turista, em estado de choque, embarcou no dia seguinte de volta aos Estados Unidos.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar