Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Caso Henry: porta-retratos com fotos que teriam sido trocadas

O cenário pode ter sido montado para reforçar o depoimento prestado pelo casal de que a família vivia em harmonia.

Durante perícias realizadas pelos agentes policiais no quarto da empregada do apartamento 230, bloco 1, do condomínio Majestic, Cidade Jardim, no Rio de Janeiro, onde morava o pequeno Henry Borel Medeiros, 4 anos, foram encontrados três porta-retratos com imagens da professora Monique Medeiros da Costa e Silva e seu namorado, o médico e vereador Jairo Souza Júnior, o Dr. Jairinho.

O menino morreu no dia 8 de março e as causas da morte ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil do Rio.

Porta-retratos foram encontrados em sacola (Foto: Reprodução)Porta-retratos foram encontrados em sacola (Foto: Reprodução)

De acordo com os agentes, os porta-retratos foram encontrados em uma sacola de uma rede de papelarias perto aos produtos de limpeza da lavanderia. Os mesmos foram vistos pelos policiais enquanto faziam perícias complementares no local, que podem demandar até 30 dias, prazo da interdição judicial do local. 

A linha de raciocínio dos peritos é de que as fotos do casal foram trocadas por imagens de Henry depois da morte do menino. Segundo eles, o cenário pode ter sido montado para reforçar o depoimento prestado pelo casal de que a família vivia em harmonia.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<