Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Começa mutirão para libertar 500

. A decisão foi tomada em uma reunião que aconteceu ontem pela manhã entre representantes da OAB

Compartilhe

A partir da pr?xima segunda-feira ser? iniciado o mutir?o que pretende

libertar cerca de 500 detentos ditos de menor potencial ofensivo em todo o

Piau?. A decis?o foi tomada em uma reuni?o que aconteceu ontem pela manh? entre representantes da Ordem dos Advogados do Brasil do Piau? (OAB-PI) e da Secretaria de Justi?a.

O objetivo da a??o ? diminuir a superlota??o que aflige os pres?dios do Estado. S? em Teresina, cidade que ser? uma das prioridades do mutir?o, existe uma previs?o de que em torno de 140 detentos sejam libertados.

Na ocasi?o ficou decidido que os criminos que ganhar?o a liberdade ser?o apenas aqueles classificados como n?o violentos e aqueles que foram detidos por porte ilegal de arma ficar?o em segundo plano.

A grande preocupa??o dos presentes ? reuni?o foi com a possibilidade de haver a soltura de algu?m que possa representar amea?a ? sociedade. ?Por isso estamos deixando de lado, pelo menos por hora, os presos por porte ilegal de armas. As primeiras a?es ser?o focadas em detentos julgados por amea?as e tentativas de furto?, disse o delegado geral da Pol?cia Civil, James Guerra, afirmando ainda que os julgados por homic?dio, tr?fico e at? mesmo roubo, n?o ser?o liberados.

O presidente da OAB-PI Norberto Campelo afirmou que essa medida ? essencial para conseguir diminuir a superlota??o das cadeias do Piau? e conseguir colocar l? criminosos mais perigosos que ainda est?o em distritos policiais por falta de espa?o. Para ele, que ir? receber na pr?xima

segunda-feira uma rela??o com os nomes dos detentos e os respectivos crimes, essa medida tamb?m ? importante porque vai evitar que ocorram futuras rebeli?es.

?Al?m disso, a libera??o desses detentos s? ir? acontecer ap?s uma avalia??o pela entidades que est?o participando da iniciativa. Somente se houver um consenso ? que a libera??o ser? concedida?, disse ele.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar