Um homem que não teve a identidade revelada, foi preso na manhã de quarta-feira (17), acusado de exercer ilegalmente a profissão de médico, no município de Turilândia, cidade localizada a 160 km de São Luís, no Maranhão

O falso médico estava trabalhando em um Posto de Saúde, quando foi surpreendido pela equipe policial. No local, foram aprendidas várias fichas de atendimento médicos, receituários médicos, carimbo e jaleco utilizados pelo falso médico.

Prisão no Maranhão | FOTO: Diêgo Holanda/G1 Prisão no Maranhão | FOTO: Diêgo Holanda/G1 

Segundo a polícia, denúncias anônimas levaram até o local, onde constataram que havia uma pessoa se utilizando do nome e do Conselho Regional de Medicina (CRM) de um médico para trabalhar no Programa Saúde da Família no Povoado Outeiro.

"Após denúncias anônimas, a equipe policial da delegacia realizou levantamentos investigativos e constatou que havia uma pessoa se utilizando do nome e do CRM de um médico para trabalhar no Programa Saúde da Família no Povoado Outeiro, Turilândia. Na quarta-feira(17), o autor foi surpreendido pela equipe policial realizando atendimento médico a diversos pacientes no posto de saúde", informou a Polícia Civil do Maranhão.  

O falso médico foi preso em flagrante e autuado pelos crimes de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica. Ele foi levado para a Unidade Prisional do município de Pinheiro, a 333 km da capital, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Com informações do G1