Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Golpe do roubo de rins choca a Índia

Golpe do roubo de rins choca a Índia

Golpe do roubo de rins choca a Índia
Golpe do roubo de rins choca a Índia | G1
Compartilhe

Quando passou o efeito do anest?sico, Naseem Mohammed sentiu uma dor aguda na parte de baixo de seu abd?men. Lutando contra a tontura, ele passou a m?o sob o camisol?o verde de hospital e sentiu um curativo preso com esparadrapo cir?rgico. Um guarda armado na porta disse a ele que seu rim havia sido removido.

Mohammed era o ?ltimo dos 500 indianos cujo rim havia sido extra?do por uma equipe de m?dicos que comandava uma opera??o ilegal de transplante, abastecendo rins para indianos ricos e estrangeiros, segundo declararam oficiais da pol?cia.

Algumas horas depois de sua opera??o em 24 de janeiro, a pol?cia invadiu a cl?nica e o levou a um hospital do governo. Muitos doadores eram trabalhadores por jornada, como Mohammed, recrutados nas ruas com ofertas de trabalho, levados para uma bem equipada cl?nica particular e enganados ou for?ados sob a mira de uma arma a se submeterem ?s opera?es. Outros eram ciclistas e fazendeiros empobrecidos que foram convencidos a vender seus ?rg?os, o que ? ilegal na ?ndia. Apesar de diversos golpes envolvendo transplantes de rim terem sido revelados no pa?s nos ?ltimos anos, a pol?cia afirmou que a escala desse foi algo sem precedentes.

Quatro m?dicos, cinco enfermeiras, 20 param?dicos, tr?s hospitais particulares, 10 cl?nicas de patologia e cinco centros de diagn?sticos estavam envolvidos, segundo declarou Mohinder Lal, oficial de pol?cia encarregado da investiga??o. ?Suspeitamos que cerca de 400 ou 500 transplantes de rim foram feitos por esses doadores nos ?ltimos nove anos?, afirmou Lal, comiss?rio de pol?cia de Gurgaon. O caso atraiu os jornais da ?ndia.

Editorialistas ficaram particularmente enfurecidos com a falha da pol?cia em capturar o m?dico principal, que tem muitos nomes, mas que recentemente ficou conhecido como Amit Kumar. Ele foi preso em 1994 sob suspeita de liderar uma quadrilha de transplante de rins em Mumbai, mas n?o apareceu no tribunal para responder ?s acusa?es, mudou de nome e come?ou a trabalhar de novo para diversas cl?nicas escondidas em apartamentos residenciais de Gurgaon, uma cidade pr?spera nos arredores de Deli.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar