Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Homem é suspeito de estuprar três enteadas e engravidar uma

Na casa do suspeito a polícia encontrou uma máquina caça-níquel, uma arma, munições e R$ 300 em dinheiro

Homem é suspeito de estuprar três enteadas e engravidar uma
Homem é acusado de estuprar enteadas | Globo.com
Compartilhe

A polícia prendeu um homem de 38 anos suspeito de abusar sexualmente das três enteadas por cerca de dez anos, em Goiânia. Hoje, as vítimas têm 16, 17 e 19 anos. Segundo a polícia, a mais velha teve uma filha com o suspeito.

?Ele começou a estuprar elas na infância e os abusos aconteceram até o ano de 2010. A enteada mais velha teve uma filha dele em decorrência dos abusos?, diz a delegada da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Simeli Mendes.

Na casa do suspeito a polícia encontrou uma máquina caça-níquel, uma arma, munições e R$ 300 em dinheiro. De acordo com a delegada, somente este ano a DPCA registrou 208 casos de violência a menores na capital.

Outros casos

A Polícia Civil prendeu um homem de 40 anos suspeito de abusar por cerca de um ano da própria filha, de 12 anos, em Goiânia. De acordo com a polícia, que recebeu uma denúncia anônima, vizinhos relataram que ouviam o choro da menina frequentemente durante a noite e, por isso, suspeitaram de abuso sexual.

Segundo a delegada da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Renata Vieira, o pai chegou a dizer que só abusava da menina porque a confundia com a mãe dela: ?Ele disse que, após a mãe ir embora de casa, ele passou a confundir os carinhos que recebia da filha com carinhos de mulher e acabava mantendo relação sexual com ela?.

Um dos casos mais recentes e chocantes que aconteceu em Goiás foi o da menina Gabrielly Caroline Dias Rocha, de 10 anos. Ela ficou desaparecida por quase dois meses em Uruana, onde morava com a família. Na época, um vizinho confessou à polícia ter violentado e matado a menina. O corpo da criança foi encontrado em um canavial depois de cinco dias de buscas. Revoltados, moradores da cidade destruíram a casa onde morava o suspeito. Ele acabou preso e levado para o complexo de Aparecida de Goiânia. Dias depois, ele foi encontrado morto na cela.

Em maio deste ano, um homem foi preso em Aparecida de Goiânia, suspeito de torturar e abusar sexualmente dos enteados, dois meninos, de 5 e 6 anos. A polícia acredita que a mãe sabia do que ocorria com as crianças.

Para a delegada, a participação da comunidade por meio de denúncias é importante na descoberta dos casos. ?Através da denúncia pelo número 197 da polícia, nós conseguimos elucidar um crime e tirar uma criança desse sofrimento. Então, a sociedade tem uma participação junto com a Polícia Civil quando ela faz uma denúncia desse porte?, diz Renata Vieira.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar