Adilson Silva de Lima, 30 anos, morreu eletrocutado na Subestação Chapada II, no Complexo Eólico Chapada do Piauí, na cidade de Marcolândia. O acidente aconteceu, na última quinta-feira (5). Adilson estava em seu primeiro dia de trabalho.

De acordo com informações do capitão Edimilson Pacheco, comandante do GPM de Marcolândia, que atendeu à ocorrência, Adilson residia em Natal, no Rio Grande do Norte, trabalhava também em outros parques eólicos e foi contratado no dia (4/8) por uma empresa de geração de energia.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Simões para as providências legais - Foto: Reprodução/APPMO caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Simões para as providências legais - Foto: Reprodução/APPM

A guarnição de serviço foi solicitada e se deslocou ao local indicado, constatando em seguida a veracidade da ocorrência. A área foi isolada pela polícia.

Ainda de acordo com a PM, a vítima foi socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu à forte descarga elétrica, vindo a óbito, após sofrer parada cardíaca, constatada pela equipe médica que fez o atendimento.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Simões para as providências legais.