Um homem identificado por José Reis da Silva, de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar no final da tarde desta sexta-feira, 27, na cidade de Alegrete do Piauí. Ele é suspeito de abusar sexualmente de uma menor de apenas 12 anos de idade.

Segundo relatou o delegado Miguel Carneiro, titular da 13ª Delegacia de Polícia Civil, o homem preso é irmão do vereador de Francisco Macedo, Apolário José da Silva, que também havia sido preso no mês de janeiro, suspeito de praticar o mesmo crime contra a mesma vítima.

De acordo com o delegado, a investigação teve início a partir da denúncia contra o vereador.  “Nas investigações, descobrimos que o irmão dele tinha mexido com a mesma criança. Aproveitando de condição do irmão dele, que dominava a situação, e usava da condição de vereador para calar a boa da menina, o irmão dele se achou protegido, e resolveu mexer também”, disse Carneiro, salientando que o caso é ainda mais grave. “A situação dele [José Reis] é mais grave que a do vereador. Não vou revelar detalhes para não expor a menor”, pontuou.

O delegado representou pela prisão do suspeito na Comarca de Padre Marcos, no entanto, foi negado. O pedido foi apresentado no Tribunal de Justiça do Piauí e o desembargador Sebastião Martins decretou na última quinta-feira (26) a prisão preventiva do suspeito.

Após o cumprimento, o José Reis foi conduzido à sede do Grupamento da Polícia Militar na cidade de Padre Marcos.

delegado Miguel Carneiro, titular da 13ª Delegacia de Polícia
delegado Miguel Carneiro, titular da 13ª Delegacia de Polícia