Na quarta-feira (20/03), o juiz de direito Markus Calado Schultz condenou a 20 anos de prisão em regime fechado, o homem identificado como Michael Gomes Vaz, de 19 anos, pelo crime de latrocínio ocorrido na cidade de Esperantina no dia 22 de maio de 2018. Ele teve o seu direito negado de recorrer em liberdade.

De acordo com a sentença, Michael matou o garçom George Kennedy da Silva, de 27 anos de forma fria e bárbara. Por volta das 07h, Michael roubou o aparelho celular e a motocicleta da vítima e em seguida desferiu várias facadas contra ele. 

Após denúncias, o juiz relatou que o réu realizou o crime com o objetivo de apagar supostas fotos íntimas suas no celular da vítima. O garçom foi atingido no braço, ombro, cabeça, abdômen e garganta, o que resultou na sua morte imediata no local. “Ele trocou a camisa ensanguentada, lavou as mãos, subtraiu o aparelho celular e a motocicleta da vítima e seguidamente evadiu-se do local (…) o acusado agiu não somente com a intenção de matar, mas também com a intenção de roubar, sobretudo o celular da vítima, tanto que os pertences da vítima, brutalmente assassinada, foram encontrados com ele, escondidos em sua própria residência”, relatou o juiz em sua sentença.

George Kennedy / Crédito: Arquivo PessoalGeorge Kennedy / Crédito: Arquivo Pessoal