Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Justiça liberta mulher do assaltante Alemão

Rosângela Pontes tinha sido autuada por uso de documento falso e lavagem de dinheiro no CE

Justiça liberta mulher do assaltante Alemão
Rosângela Pontes tinha sido autuada por uso de documento falso e lavagem de dinheiro no CE | Diário do Nordeste
Compartilhe

J? se encontra em liberdade a companheira de Jussivan Alves dos Santos, o ?Alem?o?, Ros?ngela de Oliveira Pontes, que tinha sido presa, junto com ele, no ?ltimo dia 26 de fevereiro.

Ros?ngela tinha sido autuada em flagrante, pela Pol?cia Federal, pelos crimes de uso de documento falso e ?lavagem? de dinheiro, mas foi posta em liberdade por meio de uma solicita??o feita pela advogada do casal, Erb?nia Rodrigues.

A advogada tinha impetrado um pedido de habeas corpus junto ? 10?Vara Federal de Bras?lia. Entendendo que a situa??o estava relacionada ao furto contra o Banco Central, o titular daquela Vara declinou da compet?ncia, encaminhando ent?o o caso ao juiz federal Danilo Fontenelle, titular da 11?

Vara Federal, em Fortaleza, onde est? o processo do ?Caso BC?. O juiz federal, ent?o, concedeu a liberdade provis?ria ? companheira de ?Alem?o?, na noite de anteontem.

Viagem

Ainda naquela mesma noite, Erb?nia Rodrigues viajou a Bras?lia para buscar sua cliente que estava recolhida ? Superintend?ncia da PF. Ros?ngela desembarcou na capital cearense na madrugada de ontem. Erb?nia afirma que ?Ros?ngela n?o tem qualquer envolvimento no Caso BC?.

H? 10 anos Ros?ngela era companheira de Jussivan, com quem teve dois filhos. Quando ?Alem?o? fugiu do Cear?, ela o acompanhou. Os filhos ficaram morando com a av? paterna.

T?o logo foi detido, na cidade de Taguatinga, em Bras?lia, onde estava morando h? cerca de um ano e meio, ?Alem?o? levou os policiais federais at? sua resid?ncia, localizada na comunidade de Riacho Fundo 2, onde a PF acabou prendendo a mulher dele, Ros?ngela Oliveira Pontes, que tamb?m usava nome falso.

Dinheiro

Na casa de ?Alem?o?, os policiais conseguiram encontrar cerca de R$ 80 mil (ainda em c?dulas de R$ 50,00 furtadas do BC), al?m de uma pistola de calibre 380.

Sob um forte esquema de seguran?a - formado por cerca de 30 policiais federais armados com metralhadoras e pistolas - ?Alem?o? desembarcou em Fortaleza no dia 3 de mar?o. No dia seguinte, na sede da Justi?a Federal no Cear?, ocorreu, enfim, a confiss?o. ?Participei do crime.? Com estas palavras, o assaltante cearense revelou ao juiz federal Danilo Fontenelle Sampaio sua participa??o no maior roubo a banco na hist?ria brasileira: o ataque ? casa-forte do BC, nesta Capital. Em seguida, ?Alem?o? sustentou que sua cota no dinheiro roubado foi de R$ 5 milh?es.

Diante do juiz, ele alegou ter participado do crime aceitando a um convite do assaltante paulista ?Fernando? (era Lu?s Fernando Ribeiro, o ?Fernandinho?), seq?estrado em S?o Paulo e achado morto, a tiros, em Minas Gerais.

Outra revela??o feita pelo assaltante foi de sua fuga ap?s o roubo. O dinheiro que lhe coube do montante furtado foi transportado do t?nel - atrav?s da casa alugada onde a quadrilha instalou uma falsa empresa de venda de grama sint?tica - em uma van Sprinter, abandonada, depois, num estacionamento no Centro da Cidade.

Conforme as investiga?es da PF, no per?odo em que esteve foragido, ele usava, pelo menos, quatro identidades ?frias?, com os nomes de Roberto Zanon, Paulo Roberto Ara?jo dos Santos, Francisco Everaldo Paulino Pereira e Ant?nio Joaquim de Oliveira Paiva.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar