Mãe e filha foram encontradas mortas  no interior de uma residência localizada na cidade de Chapadinha, no Maranhão. O local seria um ponto de comercialização de drogas. O caso foi registrado na última quarta-feira (03/08).

As mulheres foram identificadas como Maria das Graças Viana da Silva, de 73 anos, e Days Daniele Alves Viana, de 34 anos. Os corpos apresentavam perfurações de arma branca, possivelmente de faca.

Mãe e filha foram mortas a facadas dentro de casa no Maranhão Mãe e filha foram mortas a facadas dentro de casa no Maranhão 

Uma travesti chegou a ser conduzida à delegacia por suspeita de participação no crime. No entanto, o delegado regional de Chapadinha, Jesimiel Alves, explicou que ela não teve envolvimento no duplo homicídio.

"Ela informou que era amiga das vítimas e, quando chegou na casa, encontrou os corpos e muito sangue", disse a autoridade policial, explicando, ainda, que a travesti será ouvida em outras investigações já em andamento.

A polícia civil  segue realizando diligências para identificar e prender os assassinos. A ação criminosa tem características de acerto de contas ou a mando de envolvido(s) com o tráfico de drogas.