mais

Mais duas vítimas reconhecem acusado de estuprar dez crianças em Teresina

As duas crianças somam-se a mais duas que já haviam feito o reconhecimento no domingo

Mais duas vítimas reconhecem acusado de estuprar dez crianças em Teresina
Mais duas vítimas reconhecem acusado de estuprar dez crianas em Teresina | Efrém Ribeiro

Mais duas crian?as reconheceram Ant?nio Francisco Carvalho da Silva

como o respons?vel pela viol?ncia sexual pela qual passaram. Foi o que explicou a delegada Maria Laura Monteiro, titular da Delegacia do Menor V?tima, no Bairro Reden??o, zona Sul de Teresina. Ant?nio Francisco foi

preso na manh? do ?ltimo domingo, acusado de ter estuprado 10 crian?as desde maio de 2007.

As duas crian?as somam-se a mais duas que j? haviam feito o reconhecimento no domingo e agora s?o quatro que afirmam terem sido estupradas pelo vendedor de quadros. ?Uma das meninas que apontou o

suspeito como o respons?vel o reconheceu pela televis?o, ao ver uma reportagem quando ele foi detido?, afirmou a delegada.

A pol?cia agora espera que mais crian?as que foram v?timas do estuprador possam fazer o reconhecimento e colaborar com as investiga?es. Segundo a delegada, o resultado da apura??o do caso ainda vai demorar

para ser conclu?do, uma vez que ainda existem muitos pontos soltos e o acusado ainda n?o deu sua vers?o oficial do caso.

?Apesar de termos muitas provas que indicam um poss?vel culpado, temos que conduzir esse caso com muito cuidado, porque estamos lidando com crian?as, que ?s vezes podem ser induzidas a falar algo?, disse a delegada, comedida.

De acordo com conversas preliminares, os policiais conseguiram descobrir que o estuprador agiu enganando as crian?as, afirmando que suas m?es haviam comprado carne e que elas deveriam ir com ele buscar a encomenda. Ele ent?o as levava para o meio do mato e dizia que, se elas tentassem fugir, uma on?a iria atac?las. Somente uma das dez crian?as n?o foi violentada de fato, mas os atos eram t?o agressivos, que uma

das nove estupradas teve que passar por uma cirurgia, devido ? viol?ncia pela qual passou.

Ant?nio Francisco foi detido ap?s, supostamente, ser reconhecido por um morador da Vila Bandeirantes, enquanto trabalhava fazendo suas cobran?as. A pessoa o achou parecido com retrato falado do agressor e ligou para a pol?cia.

De acordo com a mulher do acusado, a dona-de-casa Maria do Socorro Silva, Ant?nio Francisco nunca deu nenhum sinal de ser abusador de crian?as. ?Ele sempre foi um um homem muito trabalhador. Nunca saiu de

casa para ir para festa e, me contou que, foi denunciado por homem que devia dinheiro para ele e n?o queria pagar. O homem quis incriminar uma pessoa inocente para se livrar da d?vida?, garante ela.

Maria do Socorro disse ainda que o marido tem um ?libi para pelo menos um estupro. ?No dia 15 de junho (data da agress?o sexual da ?ltima crian?a) ele estava fazendo uma cobran?a em Uni?o, por isso n?o tinha como estar aqui. Isso tudo ? uma arma??o?, reitera. A delegada Maria Laura explicou que todas as crian?as estupradas possuem um laudo pericial contendo todas as informa?es sobre a viol?ncia, mas o documento n?o possui informa?es sobre o DNA do agressor.

?Por isso, infelizmente, n?o poderemos fazer o comparativo, j? que ainda n?o possu?mos tecnologia o suficiente para fazer a coleta de DNA. Ainda assim temos muitas testemunhas que nos ajudar?o a solucionar o caso?, conclui.

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail