Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Mais três crianças morrem com dengue no Rio

Oficialmente, elas ainda não entraram para as estatísticas dos casos fatais de dengue

Mais três crianças morrem com dengue no Rio
Três morrem com suspeita de dengue no Rio | G1
Compartilhe

Tr?s meninas morreram nas ?ltimas horas no Rio de Janeiro sob suspeita de dengue hemorr?gica. Elas foram enterradas neste s?bado, e, embora n?o haja comprova??o por meio do resultado do exame sorol?gico, pelo menos no caso de Deisiane Ribeiro da Silva o m?dico informou no atestado de ?bito que a menina de 12 anos morreu de dengue hemorr?gica.

Os outras duas mortas s?o Milena Pinto de Lima, de 7 anos, cujo atestado indica suspeita de morte por dengue, e Yasmim Vit?ria do Nascimento, de 6. Oficialmente, elas ainda n?o entraram para as estat?sticas dos casos fatais de dengue, o que s? dever? ocorrer depois que sa?rem os resultados dos exames de laborat?rio.

Deisiane, 12 anos

Deisiane morreu na noite de sexta-feira (28) no Instituto Fernandes Figueira, no Flamengo, na Zona Sul do Rio, mas teria sido foi infectada pelo mosquito aedes aegypti em Itabora?, na Regi?o Metropolitana. O m?dico da institui??o, que ? a unidade pedi?trica de refer?ncia da Funda??o Osvaldo Cruz, declara que a estudante teve fal?ncia m?ltipla dos ?rg?os e septicemia em conseq??ncia da dengue hemorr?gica.

Josil?ia Pereira da Silva, m?e da estudante, contou que o atendimento a Deisiane demorou porque n?o havia m?dicos no Hospital municipal de Itabora?. No dia do anivers?rio da menina, ela foi internada, medicada e entrou em coma. Em seguida, Deisiane foi transferida para o Fernandes Figueira, na capital, mas j? chegou em estado muito grave.

A secretaria de sa?de de Itabora?, a m?dica M?nica de Almeida, contesta parte das informa?es da fam?lia da estudante. Diz ela que o caso s? foi acompanhado a partir de quarta-feira, quando Deisiane deu entrada no pronto-socorro j? em estado muito grave e n?o houve demora no atendimento pela equipe de plant?o.

? espera da transfer?ncia para o Rio, Deisiane teria permanecido, segundo a m?dica M?nica de Almeida, no CTI de adultos porque o Hospital de Itabora? n?o possui leito para a pediatria.

A secret?ria explica que em toda a Regi?o Metropolitana h? falta de pediatras, nega que tenha havido descaso e se solidariza com a fam?lia de Deisiane. Lembra ainda que os ?ndices de infec??o em Itabora? n?o chegam a ser alarmantes na atual situa??o.

Milena, 7 anos

A menina Milena Pinto de Lima, de 7 anos, morreu na madrugada deste s?bado (29)no Hospital das Cl?nicas Mario Leoni, em Nova Igua?u, na Baixada Fluminense.

Segundo o hospital, Milena tinha os sintomas da dengue hemorr?gica. A assessoria de imprensa do hospital n?o soube informar se, no atestado de ?bito, consta dengue hemorr?gica, como tamb?m n?o p?de informar se o exame sorol?gico identificou qual tipo de v?rus matou a crian?a.

A m?e de Milena, Fernanda, contou que a menina come?ou mal de segunda-feira para ter?a-feira. Ela achou que fosse uma virose, mas levou a menina para o pronto-socorro, onde, apesar da demora, foi atendida na ter?a-feira ? noite. A m?dica de plant?o constatou que a crian?a estava com a garganta muito inflamada, n?o fez o diagn?stico preciso, mas n?o descartou a hip?tese de dengue.

A m?dica receitou um rem?dio para febre e determinou que Milena fosse para a hidrata??o com soro, procedimento padr?o para a dengue, mas Milena n?o ficou internada. Fernanda conta que a filha continuou passando mal e passou a ter v?mitos com sangue. Ela voltou ao hospital na quinta e fez exame de sangue para contagem de plaquetas ? o resultado n?o preocupou, mas, na sexta, a crian?a foi submetida a nova exame. Foi comprovada uma queda na contagem das plaquetas, Milena permaneceu internada, mas morreu na madrugada de s?bado(29).

O corpo da crian?a foi enterrado ? tarde no cemit?rio do Corte 8 em Duque de Caxias.

Yasmin, 6 anos

Yamim Vit?ria do Nascimento, 6, morreu na madrugada do s?bado e foi enterrada em Realengo, na Zona Oeste do Rio, onde morava. O atestado de ?bito consta como causa a dengue hemorr?gica, mas a confirma??o o a comprova??o s? ser? nom nascimenn

As estat?sticas s?o atualizadas uma vez por semana pe


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar