mais

Mulher é mantida em cárcere privado na clínica do ex-companheiro no Ceará

Os suspeitos, um suíço (ex-companheiro da vítima) e o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social de Barreira, Antônio Martins Braga, foram presos na terça-feira (22)

Uma mulher de 35 anos foi sequestrada e mantida em cárcere privado em uma clínica de reabilitação a mando do ex-companheiro, no município de Barreira, interior no Ceará.  

Os suspeitos, um suíço (ex-companheiro da vítima) e o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social de Barreira, Antônio Martins Braga, foram presos nessa terça-feira (22), após cumprimento de mandado de prisão preventivaSegundo informações da Polícia Civil, o suíço é o proprietário da clínica de reabilitação. 

Secretário de Barreira foi preso pela Polícia Civil suspeito no sequestro da mulher de 35 anos | FOTO: ReproduçãoSecretário de Barreira foi preso pela Polícia Civil suspeito no sequestro da mulher de 35 anos | FOTO: Reprodução

Como tudo aconteceu

Segundo o delegado de Jijoca de Jericoacoara, Júlio César Chiarini, a vítima relatou que foi abordada por quatro pessoas e levada à força.

“Ela nos relatou que estava em um local quando ela foi sequestrada. Disse que chegaram três homens e uma mulher , a pegaram à força pelos braços e pernas e a colocaram no carro e a levaram. E que essas pessoas disseram que representavam uma clínica de recuperação. E que estavam agindo a mando do ex-companheiro dela que é um suíço”, explicou Júlio César Chiarini ao G1.

A equipe deu início às investigações após o recebimento de denúncias a respeito do desaparecimento da mulher. Os policiais civis obtiveram informações de que o mandante seria o ex-marido da vítima, que tem 60 anos. Ainda segundo o trabalho investigativo, ele teria induzido a mulher a consumir entorpecentes e teria forçado o internamento dela na clínica por não aceitar o fim do relacionamento de 15 anos.

Resgatada pela Polícia

A mulher foi resgatada pela polícia na clínica de reabilitação do ex-companheiro, onde foi verificado que a vítima estava no local de forma ilegal. A polícia também apreendeu aparelhos celulares e documentos que comprovaram o crime.

“Chegando a esse local resgatamos essa mulher e relatou para gente que estava lá contra sua vontade. Fizemos a apreensão de celular, documentos que demostravam que foi um ato totalmente irregular. Foi deferido a prisão preventiva e hoje demos o cumprimento de prisão do ex-companheiro, esse suíço, e também do responsável por essa suposta clínica na cidade de Barreira”, relatou o delegado.

A ação teve o apoio de policiais da Delegacia Regional de Baturité, da Municipal de Barreira, do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI Norte) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O caso foi transferido da Delegacia Municipal de Barreira para a unidade policial de Jijoca de Jericoacoara, que vai apurar se houve participação de outros suspeitos no crime.

Com informações do G1

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail