A Polícia Civil de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, já iniciou investigação acerca do desaparecimento de Rodolfo de Sousa Silva, desaparecido desde o dia 15 de maio após deixar um estúdio de tatuagem localizado na cidade paulista. Rodolfo é natural de Monsenhor Hipólito, no Piauí. 

Segundo a Polícia Civil, imagens de câmeras de segurança de prédios próximos do estúdio de tatuagem mostram o piauiense deixando o local por volta das 23h15 da noite do dia 15. Nas imagens, o jovem, que ainda era menor, aparece subindo a rua sentido comunidade Parque São Bernardo e depois disso não foi mais visto. 

Piauiense Rodolfo de Sousa Silva (Crédito: Reprodução/TV Record)
Piauiense Rodolfo de Sousa Silva (Crédito: Reprodução/TV Record)

Antes do desaparecimento, Rodolfo tinha 17 anos e estava ansioso para completar 18 para tirar sua carteira de motorista. Ele veio para São Paulo somente para isso, e morava com a mãe e o padrasto. 

“Nunca na vida ele deixou de dar notícia, e todo lugar que ele fosse ele dizia:’mãe, eu estou aqui’, ‘mãe, eu já estou indo para casa’. Ele sempre foi assim”, disse a mãe, em entrevista para reportagem da TV Record/SP. 

O dono do estúdio de tatuagem teria postado mensagem no Facebook pedindo ajuda para localizar o piauiense. Porém, dois dias após o desaparecimento, o tatuador entregou tudo, tirou todos os equipamentos do local onde fazia trabalho com tatuagens, entregou a chave ao dono do prédio e também desapareceu. 

Últimas imagens de Rodolfo após deixar estúdio de tatuagem  (Crédito: Reprodução/TV Record)
Últimas imagens de Rodolfo após deixar estúdio de tatuagem (Crédito: Reprodução/TV Record)

“Ele ajudou muito a gente nas buscas, mas aí depois, eu não sei….Ele desapareceu”, contou o padrasto de Rodolfo. 

Em sua rede social antes de desaparecer, Rodolfo postou uma mensagem enigmática. ”Se eu for para guerra e voltar, Deus estará cmg, se eu não voltar estarei com Deus [sic]”. 

A polícia ainda não sabe o paradeiro do jovem. O tatuador teria sumido com medo e evitou manter contato com a família.