Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Polícia Federal manda espanhol de volta no Ceará

O espanhol ainda tentou argumentar, disse que pretendia ficar 90 dias na praia de Jericoacoara

Compartilhe

Mais um espanhol que tentava desembarcar no Nordeste do Pa?s foi deportado, na noite de ter?a-feira, 11. Segundo a Pol?cia Federal, o turista n?o cumpria as regras e foi mandado de volta para casa. Uma equipe da TV Globo gravou o momento em que o inspetor da PF notificou o espanhol Gerald Llobert Llorene, de 31 anos, de que ele retornaria para o seu pa?s.

O espanhol ainda tentou argumentar, disse que pretendia ficar 90 dias na praia de Jericoacoara, no litoral oeste cearense. Com ajuda de um outro cidad?o espanhol, afirmou que ao chegar a Jericoacoara iria procurar uma pousada. Mas n?o houve jeito. "O senhor vai voltar ao seu pa?s pelos mesmos motivos que os brasileiros est?o voltando da Espanha", sustentou o agente. Llorene voltou no mesmo avi?o que veio.

O delegado federal Thomas Wlassak, titular do setor de migra??o da Pol?cia Federal no Cear?, explicou que o espanhol n?o tinha endere?o fixo, reserva de hotel e tamb?m n?o tinha dinheiro suficiente para o tempo que pretendia ficar. "N?o nos interessa receber um turista com essas caracter?sticas no Brasil", afirmou o delegado. A superintend?ncia da PF em Fortaleza chegou a marcar para a manh? desta quarta-feira, 12, uma coletiva de imprensa para falar sobre o epis?dio. Mas foi orientada pela superintend?ncia de Bras?lia a n?o mais se pronunciar sobre o assunto.

A PF informou que o agente respons?vel pelo controle de imigra??o constatou que o espanhol n?o reunia as condi?es necess?rias para perman?ncia no Pa?s. "Apesar de possuir cart?o de cr?dito internacional, n?o apresentou dinheiro em esp?cie nem declarou comprovante de hospedagem", diz a nota. O turismo sexual e o tr?fico de drogas tamb?m serviram de argumento para justificar o maior rigor no procedimento. A PF negou haver discrimina??o.

"O que a Pol?cia Federal tem procurado fazer ? selecionar e adotar crit?rios mais r?gidos para permitir a entrada de turistas e viajantes no Brasil, no intuito de preservar e estimular um turismo mais sadio. ? conhecido o problema local de turismo sexual, al?m do crescente consumo de drogas. O controle imigrat?rio tem exatamente este objetivo, e ? feito na estrita legalidade, sem discrimina??o de turistas em fun??o de sua origem". Este ano, segundo levantamento da PF, 60 estrangeiros foram repatriados, porque n?o cumpriram as exig?ncias legais para entrar no Brasil por Fortaleza.

De acordo com o delegado Thomas Wlassak, Portugal e It?lia s?o os pa?ses de origem que trazem o maior n?mero de turistas com problemas de migra??o. Muitos ultrapassam o per?odo de perman?ncia permitido pelo visto ou chegam com documenta??o incompleta. Em 2007, 124 estrangeiros foram obrigados a deixar o Cear? por esses e outros motivos. Atualmente, existem 10.650 estrangeiros residindo legalmente no Estado. Mas o n?mero de ilegais ? muito maior, admite Wlassak.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar