Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Policial Militar acusado de trafico de armas e assaltos a bancos volta à prisão no Maranhão

Walnir Teixeira conseguiu benefício da Justiça, garantindo sua liberdade alguns dias após a prisão

Compartilhe

O soldado do Batalh?o de Miss?es Especiais (BME) da Pol?cia Militar, Walnir Rodrigues Teixeira, foi preso, ontem, por policiais da Delegacia Estadual de Investiga?es Criminais (Deic), por determina??o da Justi?a, que decretou pris?o tempor?ria de cinco dias. Ele ? suspeito de envolvimento em assaltos conhecidos como ?saidinha?, em porta de ag?ncias banc?rias.

O militar havia sido preso dia 21 de fevereiro deste ano com R$ 4 mil, cuja proced?ncia n?o soube explicar. Na ocasi?o, ele havia sido acusado de envolvimento no crime de tr?fico de armas, com sendo a pessoa que intermediava a venda, a mando do major PM Wancarden Moreira Nunes, que tamb?m foi preso.

Walnir Teixeira conseguiu benef?cio da Justi?a, garantindo sua liberdade alguns dias ap?s a pris?o. O major Wancarden Nunes ainda permanece preso.

Tamb?m foi preso, ontem, por policiais da Deic, o assaltante Carlos Aberto, o Beto Gato Preto, suspeito de participa??o no mesmo tipo de assalto, em companhia do militar. Os dois foram ouvidos pelo delegado Roberto Larrat, que d? prosseguimento ?s investiga?es.

O Estado do Maranh?o


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar