mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Preso mais 4 pessoas acusadas de vingar morte de empresário

A polícia prendeu quatro, um deles era policial militar

Preso mais 4 pessoas acusadas de vingar morte de empresário
Empresário Kaleu Torres | Reprodução

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Gerência de Polícia do Interior, em parceira com a Corregedoria da Polícia Militar-PI, realizou nesta quinta-feira (31), ação policial, em continuação a operação realizada em 01/03/16, relacionada ao sequestro e homicídio de dois presos da Delegacia de Buriti do Maranhão, suspeitos de assassinar o empresário Kaleu Torres. Entre os presos encontra-se um policial militar.

Quatro pessoas foram presas, sendo três prisões realizadas em Miguel Alves e outra em Piracuruca. Foram apreendidos celulares e um veículo.

De acordo com a polícia, Odivan Fortes Torres, Francisco James Araújo (PM-PI), Yuri Torres e Joaquim Pontes tem envolvimento na execução dos detentos.

Segundo informações, o PM acusado de participar da morte dos presos que mataram o empresário Kaleu está detido no Presídio Militar em Teresina e ele foi preso no município de Miguel Alves.

O empresário Kaleu Torres, natural de Miguel Alves, foi morto em 9 de fevereiro, com uma facada logo abaixo do peito esquerdo,  durante festa de carnaval no município de Buriti no Maranhão, onde morava há cerca de três anos.

A confusão teria começado quando, segundo algumas testemunhas, o empresário derrubou, acidentalmente, uma garrafa de bebida e um grupo de jovens que residiam em Buriti ficaram inconformados com o episódio, perseguiram e assassinaram o empresário.

A polícia conseguiu prender dois suspeito de ter praticado o crime e dias depois os dois foram resgatados de dentro da Delegacia e depois encontrados mortos em uma lagoa no em Miguel Alves. A suspeita é que eles teriam sido sequestrados e assassinados em vingança a morte de Kaleu Torres.

Em primeiro de março, durante Operação Fronteiras,  a polícia conseguiu prender seis pessoas acusadas de estarem envolvidas no crime contra os assassino de Kaleu. Na época foram presos a professora Sandra Vaz Silva; o lavrador e serralheiro, Éder Jeronimo Vaz da Silva; o instrutor de academia de ginástica, José Iranildo da Silva; o microempresário Marcones de Araújo; a professora Claudiana Lopes do Nascimento; e o granjeiro Victor Viera Fortes Torres, que é irmão de Kaleu. O grupo foi acusado de vingar a morte do empresário.


Empresário Kaleu Torres
Empresário Kaleu Torres


Grupo preso acusados de vingar morte de empresário
Grupo preso acusados de vingar morte de empresário



Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail