A Polícia Rodoviária Federal de Sergipe afastou os policiais rodoviários envolvidos na morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, após ser trancado no porta-malas de uma viatura da PRF e aspirar um gás lançado pelos policiais, em Umbaúba, no sul do Estado.

Por meio de nota, a PRF informou que instaurou processo disciplinar para elucidar os fatos. "A Polícia Rodoviária Federal informa que está comprometida com a apuração inequívoca das circunstâncias relativas à ocorrência no estado de Sergipe, colaborando com as autoridades responsáveis pela investigação. A PRF instaurou processo disciplinar para elucidar os fatos e os agentes envolvidos foram afastados das atividades de policiamento", informou a nota da PRF. 

Ainda na quarta-feira, a PRF confirmou o uso de gás, descrito pela corporação como "tecnologias de menor potencial ofensivo".

A Polícia Federal em Sergipe instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte. A corporação diz que já iniciou as diligências sobre o caso. O Ministério Público Federal também abriu um procedimento sobre o caso, no sentido de acompanhar as investigações sobre a morte de Genivaldo. O despacho foi assinado pelo procurador Flávio Pereira da Costa Matias, coordenador do Controle Externo da Atividade Policial.

Entenda o caso

Genivaldo de Jesus Santos foi abordado na tarde de quarta-feira, 25. Imagens mostram o momento em que o homem foi imobilizado e colocado no interior do compartimento da viatura da PRF. Em seguida, os policiais teriam lançado um gás sobre a vítima e trancaram o porta-malas, relataram testemunhas. Segundo a família, a vítima sofria de transtornos mentais. 

Imagens mostram quando homem foi colocado no interior da viatura, em  Umbaúba, em Sergipe | FOTO: ReproduçãoImagens mostram quando homem foi colocado no interior da viatura, em  Umbaúba, em Sergipe | FOTO: Reprodução

A causa da morte do homem foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública na manhã desta quinta-feira (26). Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, o homem morreu de asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.