mais

Serial killer do DF escapa novamente e polícia entra no 10º dia de buscas

Lázaro Barbosa, de 32 anos, trocou tiros com os policiais na tarde desta quinta (17). Buscas entrarão no 10º dia

O secretário de segurança pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou que o serial killer Lázaro Barbosa possivelmente está ferido. Nas buscas da força-tarefa, foi encontrado um pano ensanguentado pela mata. 

Leia Mais

“Nosso cão farejador farejou ele. Possivelmente, ele esteja ferido”, relatou Miranda em coletiva para a imprensa na noite desta quinta-feira (17).

Segundo o secretário, o criminoso de 32 anos foi avistado por duas vezes nesta quinta e chegou disparar contra os policiais em um milharal, mas nenhum agente ficou ferido. Testemunhas relatam ter ouvido aproximadamente 50 disparos.


Para Miranda, os últimos fatos demonstram que o serial killer está exausto e começando a cometer erros. 

De acordo com o secretário, ele fugiu por uma vala, possivelmente por um rio, da região rural entre Cocalzinho e Edilândia, em Goiás. A polícia garante estar fechando o cerco contra Lázaro, mas o terreno muito extenso e com depressões dificultam as buscas, além da familiaridade do criminoso com a região. As equipes farão varreduras na região, e as buscas serão retomadas na manhã desta sexta (18).

"Ele entrou em uma vala, em uma depressão, possivelmente na água, e os policiais perderam o rastro dele ali, mas nós estávamos com muitas equipes lá", explicou.

Lazário Barbosa escapa mais uma vez Lazário Barbosa escapa mais uma vez 

Polícia encontra vela com nome de Lázaro na mata

O secretário lembrou que última vez em que o psicopata esteve em fuga, na Bahia, ele ficou por 15 dias sem comida e só foi encontrado por estar ferido.  Segundo o secretário, os policiais encontram uma vela com nome de Lázaro dentro de mata onde ele se escondeu. Os militares goianos localizaram ainda uma rã desossada, deixada ao lado de um fação. Parte do animal estava comida.

Lázaro Barbosa de Souza está sendo procurado pela polícia desde o dia 9 de junho por matar quatro pessoas no Distrito Federal. Para sua captura, foram mobilizados cerca de 270 policiais - o reforço da Força Nacional ainda não chegou ao local por detalhes logísticos.

Durante a fuga, ele atirou em 3 pessoas, colocou fogo em uma casa e roubou carros. Sempre armado, o serial killer, que era mototaxista, roubava vizinhos e abusava de mulheres. 

Além dos crimes recentes no DF e Goiás, ele responde por homicídio na Bahia, onde tem um mandado de prisão decorrente de uma condenação por estupro e roubo com arma de fogo em Brasília, além da suspeita de um ataque com golpes de machado na cabeça de idosos em Goiás. Ele já foi preso, mas fugiu.



Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail