Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Servidor do TJ é morto em latrocínio no Tancredo Neves

Dupla matou servidor a tiros e levaram uma Hilux

Compartilhe

ATUALIZADO ÀS 11H00

Acusado de matar servidor do TJ saiu recentemente do presídio

A Polícia Militar já identificou o segundo suspeito de assassinar o analista do Tribunal de Justiça do Piauí, Francisco das Chagas Campelo e Silva, de 54 anos, durante um assalto na noite desta quarta-feira (28/08) no bairro Tancredo Neves, Zona Sudeste de Teresina.

O suspeito identificado como Igor Araújo conseguiu fugir após roubar a caminhonete da vítima. Igor seria o autor dos disparos. De acordo com os primeiras informações, o suspeito estava preso na Colônia Agrícola Major. Familiares e amigos velam corpo de analista com muita comoção.


Servidor do TJ é morto em latrocínio no Tancredo Neves

O analista judiciário do Tribunal de Justiça do Piauí, Francisco das Chagas Campelo e Silva, de 54 anos, foi assassinado durante uma tentativa de assalto, no bairro Tancredo Neves, na zona Sudeste de Teresina. 

O caso aconteceu por volta das 20h. De acordo com informações do subtenente Fernandes, do 8º Batalhão da Polícia Militar, o servidor foi abordado por uma dupla e reagiu a tentativa de assalto. "Nós fomos acionados via copom sobre esse possível latrocínio, ao chegarmos foi constatado a veracidade dos fatos, ele foi alvejado com dois tiros, sendo um no peito e um nas costas vindo a óbito no local. Segundo testemunhas, ele não quis entregar a chave da Hilux dele e os elementos dispararam contra o mesmo", afirmou.

Depois, os criminosos levaram um veículo da vítima modelo Hilux, de placa EZN-4824. Após o ocorrido eles abandonaram o carro pouco mais de um quilômetro, embaixo da ponte do Parque Rodoviário, zona Sul da capital.

Crédito: Polícia Militar do Piauí.

O caso aconteceu por volta das 20h. O servidor foi abordado por uma dupla, que atirou nele e depois levaram um veículo modelo Hilux, de placa EZN-4824. Após o ocorrido eles abandonaram o carro pouco mais de um quilômetro do ocorrido, embaixo da ponte do Parque Rodoviário, zona Sul da capital.


“A gente estava indo com o carro o alarme acionou, ele parou de uma vez e não queria mais ligar, abandonamos e entramos no matagal”, declarou um dos acusados que foi preso logo em seguida em um matagal no bairro Morada Nova.  

A testemunha do crime, o amigo de Chaguinha, relatou como o fato aconteceu. "Ele foi para o carro e o outro já se agarrou nele, ele atirou o meu amigo estava na porta do carro. Foi quando ele saiu, quis correr e o bandido deu mais um tiro nas costas”, disse. 


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar