Um homem de 44 anos suspeito de matar a ex-mulher e abandonar o corpo em uma estrada do Piauí foi preso na segunda-feira (8) em Cristalina (Goiás), no Entorno do Distrito Federal. Segundo a polícia, após o crime, o homem se mudou para Goiás e levava a vida normalmente.

 Karina Gama da Silva, de 32 anos, foi vista pela última vez no dia 27 de junho deixando a filha no colégio. Ela foi encontrada morta dois dias depois, às margens de uma estrada em Avelino Lopes, município 575 km ao sul de Teresina (PI). A vítima tinha lesões pelo corpo e apresentava sinais de estrangulamento

Karina foi encontrada morta com sinais de estrangulamento (Foto: Reprodução)Karina foi encontrada morta com sinais de estrangulamento (Foto: Reprodução)

O suspeito do crime foi apontado como o ex-marido, Evaristo Paulo Gama da Silva, de 44 anos. Em depoimento, a irmã da vítima contou que o homem não aceitava o fim do relacionamento entre o casal. Segundo o boletim de ocorrências, Karina sofria ameaças do ex-marido. 

A defesa do preso não foi localizada até a última atualização dessa reportagem. 

A Polícia Civil informou que, após o crime, Evaristo fugiu para Cristalina. Após receber a informação, foi feito um trabalho de identificação e o local onde o suspeito estava trabalhando. O homem foi abordado enquanto dirigia pela cidade. 

Informações do G1 Goiás