Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Brasil não quer criar antagonismo com Chávez, diz Dilma

Brasil não quer criar antagonismo com Chávez, diz Dilma

Compartilhe

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta quinta-feira que o governo tem uma boa rela??o com a Venezuela. Ela disse que mesmo que o Brasil tenha alguma diverg?ncia com o pa?s de Hugo Ch?vez, n?o pretende criar antagonismos na Am?rica Latina.

"As propostas do [Hugo] Ch?vez [presidente da Venezuela] sempre ser?o ouvidas pelo governo. N?o queremos uma posi??o de antagonismo", disse Dilma durante sabatina da Folha, em S?o Paulo. "Mas isso n?o significa que iremos concordar com tudo."

A ministra responde a perguntas de quatro entrevistadores e tamb?m da plat?ia. Dilma ? sabatinada por Fernando de Barros e Silva (editor de Brasil da Folha), Renata Lo Prete (editora do "Painel" da Folha), Valdo Cruz (rep?rter especial do jornal) e Eliane Cantanh?de (colunista da Folha).

A ministra n?o quis comentar a situa??o pol?tica da Venezuela, especialmente sobre o cancelamento de concess?es de TV como a RCTV. "N?o nos cabe falar do m?rito", disse. "Mas a situa??o deles ? bem distinta ? nossa."

Dilma ? a sexta a participar do ciclo de sabatinas da Folha neste ano. Antes dela, o jornal sabatinou o climatologista Carlos Nobre (mar?o), o arcebispo de S?o Paulo, dom Odilo Scherer (abril), o prefeito de S?o Paulo, Gilberto Kassab (maio), o ministro da Sa?de, Jos? Gomes Tempor?o (junho) e o economista Delfim Netto (agosto).

Banco do Sul

Em rela??o ao Banco do Sul banco de fomento dos pa?ses da Am?rica Latina, Dilma disse que entende o fato dos demais pa?ses definirem que cada um ter? direito a um voto. Isso ignora a regra comum de que a quantidade de votos deveria ser proporcional ao aporte colocado no banco. "Fizemos isso tamb?m em rela??o aos Estados Unidos, Europa."

O presidente da Venezuela, Hugo Ch?vez, anunciou ontem que o Banco do Sul ser? oficialmente criado na pr?xima segunda-feira, em Caracas.

A ag?ncia de not?cias venezuelana "ABN" informou que Ch?vez fez o an?ncio durante "um recesso da reuni?o da Comiss?o Central de Planejamento" econ?mico da Venezuela, presidida por ele em seu gabinete na noite de ter?a-feira.

Ch?vez disse que esperava a participa??o dos ministros da ?rea econ?mica dos pa?ses-membros no lan?amento da nova entidade regional, mas garantiu que essas autoridades ratificaram que "a sede do Banco do Sul ser? Caracas".

A institui??o financeira deveria ter sido formada at? junho. Em 21 de fevereiro, Ch?vez dissera que ela nasceria oficialmente em "120 dias".

Ch?vez acrescentou que o memorando bilateral "diz que os governos podem aderir em qualquer fase do processo" e previu que Brasil, Bol?via e Equador seriam os primeiros a se juntarem.

At? o momento, os governos de Bol?via, Equador e Paraguai s?o os que se uniram ? nova institui??o financeira. Nicar?gua e Uruguai expressaram seu interesse em ingressar no banco, mas ainda n?o tomaram uma decis?o definitiva.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar