Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Debate: Russomanno é poupado e vê "briga" entre Serra e Haddad

Líder nas pesquisas vê adversários que dividem tecnicamente 2º lugar protagonizarem embates.

Compartilhe
Google Whatsapp

Empatados tecnicamente em 2.º lugar na corrida pela Prefeitura de São Paulo, José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) evitaram atacar Celso Russomanno (PRB), líder nas pesquisas, no debate promovido na segunda-feira, 17, pelo Grupo Estado, pela TV Cultura e pelo YouTube.



Tanto o tucano como o petista tiveram chance de se manifestar sobre o adversário do PRB, mas preferiram criticar um ao outro, mantendo a estratégia adotada no horário eleitoral e nos eventos de rua. A troca de farpas envolveu a entrada da presidente Dilma Rousseff na campanha de Haddad, a nomeação da ex-prefeita petista Marta Suplicy para o Ministério da Cultura e a renúncia de Serra à Prefeitura, em 2006, para concorrer ao governo do Estado.

No início do programa, todos os candidatos foram instados pelo mediador do debate, Mario Sergio Conti, a analisar o fato de Russomanno estar em 1.º lugar nas pesquisas. Serra e Haddad se limitaram a afirmar que o panorama pode mudar. "Não me sinto à vontade para falar da trajetória de um candidato", disse o tucano. "Grande parte do eleitorado ainda está apática", afirmou o petista.

Naquele momento, coube a Paulinho da Força (PDT) o ataque ao líder. O primeiro acusou o adversário de ter votado contra "projetos de interesse do povo" como deputado. "É um candidato que tem duas caras, uma que fala para os pobres e outra que tira direitos deles", afirmou.

Em outro bloco, quando os candidatos puderam fazer perguntas um ao outro, Russomanno escolheu Serra e o questionou sobre o "caos na saúde", destacando problemas no principal setor de atuação do tucano.

Foi o único momento em que Serra, ao se defender, investiu contra Russomanno, ao apontar as relações históricas do adversário com Paulo Maluf. O tucano disse ainda não ter visão "catastrófica" sobre a situação da saúde. "Fico me perguntando se você anda pelas periferias", retrucou o candidato do PRB.

Ao atacar Serra, Haddad relacionou a renúncia do tucano ao cargo de prefeito ao fato de a cidade ter uma das gestões mais mal avaliadas do País. O petista citou pesquisas ao dizer que 80% dos paulistanos querem "mudanças" na cidade. "Quero ser o prefeito da mudança", respondeu Serra. O tucano lembrou que o PT, que hoje critica o prefeito Gilberto Kassab (PDT), "correu atrás" dele em busca de uma aliança, no início do ano.

O tucano negou ter sido agressivo ao dizer que a presidente Dilma Rousseff não deveria "meter o bico" em São Paulo, mas voltou a criticar a presidente, a quem acusou de nomear Marta Suplicy para o Ministério da Cultura como forma de garantir o apoio da ex-prefeita a Haddad.

No bloco em que os jornalistas João Bosco Rabello, Gustavo Chacra, Julia Duailibi e Bruno Paes Manso, do Grupo Estado, fizeram perguntas aos candidatos, Russomanno foi questionado sobre a possibilidade de nomear representantes da Igreja Universal para seu secretariado. Ele negou que a igreja controle seu partido.

Questionado sobre uma declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que citou possível desgaste de seu partido na cidade, Serra negou que o ex-presidente tenha dito isso. Em entrevista ao Estado, porém, FHC disse que há "um pouco de cansaço do eleitorado com a predominância do PSDB por longo tempo" no poder em São Paulo.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×