Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Datafolha divulga nova pesquisa para prefeito de São Paulo no 2º turno

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”;

Compartilhe

Pesquisa Datafolha divulgada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo” nesta quinta-feira (26) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o segundo turno das Eleições 2020 para a Prefeitura de São Paulo:

-Bruno Covas (PSDB): 47%

-Guilherme Boulos (PSOL): 40%

-Branco/nulo: 9%

-Não sabe/não respondeu: 4%

Em relação ao levantamento anterior, de 24 de novembro:

Bruno Covas foi de 48% para 47%

Guilherme Boulos se manteve com 40%

Brancos e nulo se mantiveram em 9%

Não sabem ou não responderam foram de 3% para 4%

Confira a pesquisa Datafolha divulgada em 19 de novembro

Datafolha divulga nova pesquisa para prefeito de SP 

Votos válidos

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Bruno Covas: 54%

Guilherme Boulos: 46%

Em relação ao levantamento anterior, de 24 de novembro:

Bruno Covas foi de 55% para 54%

Guilherme Boulos foi de 45% para 46%

Destaque por segmento

Boulos tem ampla vantagem entre jovens de 16 a 24 anos (61% a 27%), e Covas inverte esse resultado na outra ponta, entre quem tem 60 anos ou mais (61% a 28%). Os mais jovens, porém, pesam menos (12%) no eleitorado do que os eleitores mais velhos (23%). Entre os mais pobres, com renda familiar de até dois salários, o candidato do PSDB tem 46% das intenções de voto, ante 39% do adversário.

O tucano também fica numericamente à frente entre quem tem renda familiar de 2 a 5 salários (48% a 38%), e no seguinte, com renda de 5 a 10 salários, a vantagem numérica é do candidato do PSOL (48% a 42%). Entre os mais ricos, com renda superior a 10 salários, Covas tem 53%, e Boulos é escolhido por 42%.

Decisão do voto

A pesquisa também perguntou o grau de decisão do voto: 84% dos eleitores dizem que estão totalmente decididos e 15% dizem que o voto ainda pode mudar. Veja o percentual por candidato:

Bruno Covas: 83% dos eleitores estão totalmente decididos; 17% dizem que o voto ainda pode mudar

Guilherme Boulos: 87% dos eleitores estão totalmente decididos; 13% dizem que o voto ainda pode mudar

Conhecimento do número do candidato

O número do candidato escolhido é conhecido por 75% dos paulistanos. Do total da amostra, 19% disseram que não sabem o número do candidato, 3% não sabem como anular e 3% informaram o número incorreto. Veja o percentual por candidato:

Bruno Covas (PSDB): 76% conhece (menção correta) e 24% não conhece (4% menção incorreta e 20% não sabe o número).

Guilherme Boulos (PSOL): 77% conhece (menção correta) e 23% não conhece (2% menção incorreta e 21% não sabe o número).

Segunda opção de voto

O Datafolha também perguntou aos eleitores se eles têm uma segunda opção de voto. Os eleitores foram questionados o que fariam se não votassem no candidato mencionado: se votariam no adversário, em branco ou em nulo. Em toda a amostra, 19% votariam em Guilherme Boulos como 2ª opção; 17% votariam em Bruno Covas como 2ª opção; 55% votariam branco ou nulo; 8% não sabem ou não responderam.

Veja os percentuais por candidato de preferência.

Entre os eleitores que dizem que vão votar em Bruno Covas: 30% votariam em Guilherme Boulos como 2ª opção; 62% votariam branco ou nulo; 9% não sabem ou não responderam.

Entre os eleitores que dizem que vão votar em Guilherme Boulos: 37% votariam em Bruno Covas como 2ª opção; 59% votariam branco ou nulo; 4% não sabem ou não responderam.

Importância na hora da escolha do candidato

O levantamento também questionou na hora de escolher um candidato a prefeito, o que os eleitores consideram mais importante. Veja as repostas:

As propostas apresentadas por ele: 83%

O partido ao qual ele pertence: 8%

Os dois/ambos: 4%

Outras respostas: 4%

Não sabem: 1%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos;

Quem foi ouvido: 1.512 eleitores da cidade de São Paulo;

Quando a pesquisa foi feita: 24 e 25 de novembro de 2020;

Número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-09865/2020

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”;

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar