Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Em alta na região, Haddad vai explorar elo de Lula com o Nordeste

Haddad fala que as marcas de Lula são mais fortes no Nordeste

Em alta na região, Haddad vai explorar elo de Lula com o Nordeste
DIVULGAÇÃO | Divulgação
Compartilhe

Que venham todos Impulsionado no novo Datafolha por seu crescimento no Nordeste, Fernando Haddad (PT) usará o horário eleitoral para falar à região. O filme, de conteúdo emocional, deve ir ao ar neste sábado (15). A peça aborda a relação de Lula com o povo e os feitos dele no território. “As marcas de Lula estão por todo o país, mas elas são mais fortes no Nordeste”, diz o herdeiro do petista. Motivo do investimento: só metade dos nordestinos identificam Haddad como o indicado do ex-presidente.

Empurrão Na comparação com o Datafolha anterior, Haddad despontou sete pontos percentuais na região –o maior crescimento entre todas: de 13% para 20%. Nas demais, oscilou positivamente, mas dentro da margem de erro.

 (Crédito: Mauro Pimentel / AFP)
(Crédito: Mauro Pimentel / AFP)

Ainda há espaço Na última sondagem do Datafolha em que apareceu, Lula foi mencionado como o candidato preferido de 59% dos nordestinos. Por isso o esforço do PT em ampliar, na região, a transferência dos votos do ex-presidente para seu escolhido.

Lado A Apesar da já esperada aproximação de Haddad, a nova pesquisa não foi ruim para Ciro Gomes (PDT). Ele não só manteve a marca anterior como –mais importante– ainda é o candidato que pontua melhor contra Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

Sou o caminho O fato de o pedetista ter um desempenho acima da média de seus concorrentes contra o capitão reformado dá gás ao discurso de que ele é a via mais segura para o eleitor que quer derrubar Bolsonaro.

Outra onda Levantamentos internos dos partidos haviam identificado novo impulso à candidatura do capitão reformado. Os adversários atribuíram esta segunda oscilação positiva à cirurgia de emergência a que ele foi submetido na quarta (12).

Outra onda 2 A nova operação devolveu Bolsonaro ao noticiário, ampliando sua exposição. Isso, avaliam os rivais, teria reavivado a comoção com o atentado.

Compasso da desilusão O clima no QG de Geraldo Alckmin (PSDB)está pesado. Aliados esperavam que o candidato oscilasse ao menos um ponto para cima, mas o Datafolha mostrou o inverso: de 10% passou para 9%.

O pior cenário O temor no tucanato cresceu porque, além de Alckmin estar patinando nas pesquisas, Haddad subiu sem desmontar Ciro, só em cima de votos que estavam com Marina Silva (Rede).

Tudo ou nada O pacote de más notícias reforçou a determinação dos políticos que estão na cabeça da coligação do PSDB de não mais poupar Bolsonaro –mesmo na situação em que ele está, internado no hospital.

Figura oculta A campanha de Fernando Pimentel (PT) ao governo de Minas vai ampliar os ataques a Antonio Anastasia (PSDB). O foco é, novamente, a proximidade do tucano com Aécio Neves (PSDB-MG). Em propaganda, o petista dirá que “quando o Aécio manda, o Anastasia faz”.

Para a plateia O novo vídeo da série que a equipe de Bolsonaro (PSL) vai publicar nas redes para manter a campanha ativa enfatiza pontos do discurso que deu corpo à candidatura: de linha dura com corrupção e com presos, e de intolerante com o que ele chama de doutrinação de gênero.

Sem tolerância “Tem que jogar pesado: valorizar a PF, o Ministério Público, os homens que realmente vão atrás desses que teimam em roubar a nação”, diz Bolsonaro na peça.

Quero Cela cheia No mesmo filme, ele reclama: “Nas audiências de custódia botam para fora mais da metade dos presos em flagrante”.

Pose para foto A coligação de Bolsonaro vai tentar minimizar o noticiário sobre intrigas na campanha. Dirigentes do PSL articulam reunião com pessoas próximas ao capitão reformado na próxima semana. O senador Magno Malta (PR) e o deputado Onyx Lorenzoni (DEM), por exemplo, estão na lista de convidados.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar