Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Justiça e derrotas tiram Serra e Alckmin da eleição pela 1ª vez

PSDB terá a primeira eleição municipal na capital paulista sem a influência direta de duas principais lideranças ainda em atividade no estado desde 1996

Compartilhe

Depois de 24 anos, o PSDB terá a primeira eleição municipal na capital paulista sem a influência direta de duas principais lideranças ainda em atividade no estado: o senador José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin. Alguns dos motivos são perda de influência política, avanço de investigações contra ambos e resultados adversos nas urnas. 

Hoje, o partido irá confirmar a candidatura à reeleição do atual prefeito paulistano, Bruno Covas. Esta será uma campanha que não contará com Alckmin nem Serra, que dividiram o protagonismo nas últimas seis candidaturas do PSDB na maior cidade do país. 

O senador José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin, ambos do PSDB paulista - Foto: Arquivo

Em 1996, 2004 e 2012, Serra foi candidato a prefeito. Ele venceu apenas na segunda tentativa. Já Alckmin disputou a Prefeitura de São Paulo em 2000 e 2008. Não chegou ao segundo turno nenhuma vez. 

Em 2016, o ex-governador não foi candidato, mas foi o principal articulador e incentivador da campanha de uma figura que surgia na política: o empresário João Doria, que abandonou a prefeitura em 2018 para se tornar governador paulista. A relação entre os dois ficou estremecida nesse trajeto, culminando com o "voto de solidariedade" de Doria em Alckmin, que disputou a Presidência da República em 2018.

Naufrágio nacional

Candidato com o maior tempo de televisão, o ex-governador foi engolido pela onda da campanha de Jair Bolsonaro (sem partido) e não chegou a 5% dos votos válidos. No estado de São Paulo, que governou por quatro mandatos entre 2001 e 2018, ficou em quarto lugar, com pouco menos de 10% do eleitorado, resultado que fez com que perdesse capital político.

"Teve um resultado amargo em 2018, inclusive em São Paulo", diz o cientista político Henrique Curi, autor de "Ninho dos Tucanos", que estuda a história recente do PSDB em eleições. "Após a eleição de 2018, ele se afastou do partido. Mas, ainda assim, dentro do PSDB, sua figura é vista como histórica."

Avanço da Justiça 

A perda de capital político vem agora acompanhada por investigações e processos, tanto contra Alckmin quanto contra Serra. Em julho passado, o senador foi denunciado pela Operação Lava Jato, apesar de ser investigado desde 2017 com base em delações da Odebrecht. Nesses últimos três anos, Serra ficou menos em evidência no cotidiano político por enfrentar problemas de saúde. 

Acusações vindas da empreiteira Odebrecht também atingiram Alckmin, que foi denunciado pela Lava Jato eleitoral dias depois de Serra, em julho. "Penso que, especialmente no caso do Alckmin e do Serra, quando a Lava Jato chegou, ela já estava chutando cachorro morto", diz o cientista político Lucas Câmara. Para ele, "foi na estratégia política que Alckmin e Serra perderam o pé do partido".

Alckmin e Covas - Foto: Secom

Sem coordenação

Alckmin até iria participar da campanha de Covas, coordenando o programa de governo. Ele, porém, preferiu se afastar para trabalhar em sua defesa após a denúncia.

"Na verdade, ele não estava próximo da campanha", diz o ex-deputado federal e um dos fundadores do PSDB Ricardo Tripoli, que atua na campanha de Covas. "Normalmente, programa de governo é algo que você vai coletando, vai juntando, vendo a proposta do candidato. E depois você apresenta. No caso específico do Geraldo, nós achamos que seria até uma homenagem para ele. Ele que resolveu [sair], não foi o Bruno [que pediu]."

Para Tripoli, as questões jurídicas envolvendo Serra e Alckmin não devem respingar na campanha de Covas. "O candidato a prefeito é o Bruno. Não é o Geraldo nem o Serra."


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar