O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido do cantor e compositor Chico Buarque para que o candidato ao governo do Piauí, Sílvio Mendes, retire das redes sociais um vídeo em que usa uma de suas músicas. 

O candidato ao governo do Piauí pelo partido União Brasil foi processado pelo cantor por uso indevido de uma canção sua. Na ação, Buarque exige que a Justiça proíba o ex-prefeito de Teresina de utilizar a música “Apesar de Você” e ainda pede uma indenização de R$ 100 mil por danos morais.

Chico Buarque processou Sílvio Mendes por uso indevido da música “Apesar de você” em vídeo | FOTO: ReproduçãoChico Buarque processou Sílvio Mendes por uso indevido da música "Apesar de você" em vídeo | FOTO: Reprodução

A decisão da Juíza Substituta Marcia de Andrade Pumar, do 6º Juizado Especial Cível da Comarca da Capital Lagoa, destaca que: "Ausentes os requisitos do art.300 do Código de Processo Civil, não havendo urgência na medida, nem mesmo receio de dano irreparável ou de difícil reparação, posto que poderá ser desfeito ou compensado ao final, deixo de conceder antecipadamente a tutela ora pretendida", declara a juiza, em decisão assinada no dia 5 de agosto deste ano. 

O pleiteante ao posto máximo do Executivo Estadual fez uso da composição e a voz do artista como trilha de um vídeo que foi divulgado da sua convenção partidária, promovida no último dia 30 de julho. O vídeo conta com quase 70 mil visualizações no Instagram.

DEBATE COM OS CANDIDATOS AO GOVERNO NO DIA 16 DE AGOSTO

O Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC) promoverá no dia 16 de agosto o primeiro debate com os candidatos ao Governo do Piauí nas eleições de 2022. O confronto de ideias será transmitido a partir das 20 horas, na Rede Meio Norte, no Portal Meio Norte e no Canal Meio Norte Mais (YouTube). 

O debate será ancorado pelo jornalista Ieldyson Vasconcelos e marca a tradição do GMNC em prezar pelo processo democrático, concedendo o espaço para que os pleiteantes ao posto máximo do Poder Executivo Estadual apresentem suas propostas ao eleitorado.