Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Lucineide Barros é sabatinada por outros candidatos no Jornal Agora

Apresentado pelo jornalista Amadeu Campos, o formato é inédito na tv brasileira.

Compartilhe

Na edição do 'Jogo do Poder' desta sexta-feira, 23 de outubro, foi dado andamento a sabatina 'Bate Rebate, o Debate', em que os candidatos à Prefeitura de Teresina fazem perguntas ao adversário convidado. A oitava confrontada foi a candidata do PSOL, Lucineide Barros. Apresentado pelo jornalista Amadeu Campos, o formato é inédito na tv brasileira.

Iniciando a sabatina Dr Pessoa (MDB) pediu uma avaliação sobre a política de habitação. "Nossa avaliação é que não há uma Política Habitacional, há um déficit habitacional que perdura há muito tempo, vai ser necessário atacar também a especulação imobiliária, temos uma cidade formada por grandes vazios urbanos, é muito triste que ao invés de se cuidar produzindo moradias, se promove a especulação imobiliária", disse. 

Lucineide Barros é sabatinada no Jornal Agora (Portal Meio Norte)


Fábio Abreu (PL) disse que a PMT tem feito divulgação de uma realidade diferente da periferia, onde as pessoas são tratadas de forma discriminatória, questionando como lidar com uma realidade tão diferente. "É uma questão de política, isso da propaganda dizer que Teresina tem a melhor escola deve ser analisada com muito cuidado", disse. 

O candidato Fábio Novo não enviou o questionamento e foi sorteado o tema mobilidade urbana. "Temos um caos, não há mobilidade, Teresina padece muito a falta de políticas, em relação ao transporte temos um sistema aprisionado pelo setor empresarial, não temos um Conselho, uma integração dos modais, isso que foi chamado do Inthegra dificultou muito a vida da população, botaram as melhores linhas dos centros pro bairro, e quando chegam no bairro não conseguem chegar em casa, tem que ter tarifa zero para quem não pode pagar", afirmou. 

Lucineide Barros é sabatinada por outros candidatos no Jornal Agora (Portal Meio Norte)


Fábio Sérvio (PROS) questionou como ela atuaria para diminuir as despesas públicas. "Não temos a perspectiva da redução das despesas públicas, mas sim do incremento do Orçamento, é necessário cobrar a dívida ativa, aplicar o IPTU progressivo, entendemos que é necessário inverter a prioridade colocar investimentos para as áreas mais necessitadas, bem utilizar o orçamento e fazer valer com eficiência", disse. 

Em seguida ela respondeu ao questionamento de Gervásio Santos (PSTU) sobre forças políticas. "Estamos ingressando na Justiça contra uma propaganda que vemos o prefeito em primeiro plano, o candidato em segundo e não aparece o vice, se aparece para ludibriar o eleitor, e temos uma eleição comprada", afirmou.

Gessy Fonseca (PSC) questionou a candidata sobre o projeto IPTU Verde. "O IPTU Verde funcionará de garantir incentivos para as pessoas com práticas ecológicas, o IPTU é um imposto muito importante, e entendemos quando economizamos no sentido de uma educação que respeite o meio ambiente economizamos em muitas outras coisas também", afirmou. 

O candidato Kleber Montezuma (PSDB) não enviou questionamento, foi sorteado o tema saneamento básico. "É uma questão muito grave em Teresina, a cada 1 real gasto em saneamento se economiza 4 reais em saúde, nossa política para o bem viver é uma política que tem na base a educação ambiental, mas também mais investimentos em saneamento básico, principalmente na destinação dos resíduos", disse. 

Lourdes Melo (PCO) questionou a candidata sobre a legalização do aborto. "Somos a favor da descriminalização do aborto, são as mulheres pobres, da periferia que estão morrendo pelo aborto, é necessário que se pense uma saúde pública que olhe as mulheres, nossa política é a que faz o enfrentamento a esta questão, pois entendemos que realmente é mais uma situação que desfavorece os pobres", disse. 

Major Diego Melo (Patriota) perguntou sobre as ações contra a violência. "É preciso jogar limpo, não estamos defendendo drogas, aborto, muito menos a pedofilia, estamos indicando que não devem ser tratadas apenas como uma questão de criminalização. Tudo isso são questões a serem enfrentadas com políticas públicas, olhando as pessoas através das suas vulnerabilidades", sinalizou. 

O candidato do Cidadania Mário Rogério questionou como será a relação com os empresários. "Tenho lembrado que o lugar dos empresários está garantido, estamos numa socieade capitalista de livre mercado. Temos uma preocupação com a geração de renda, queremos que o setor empresarial tenha responsabilidade social com os vulneráveis, mas nossa preocupação inicial é com aqueles que sequer tiveram uma oportunidade", frisou. 

Peddro Laurentino (UP) disse que os rios de Teresina viraram esgotos a céu aberto, questionando sobre a política ambiental na cidade. "Seria necessários que os governantes se envergonhassem dessa situação, nosso programa para o Bem Viver em Teresina está dizendo que é preciso quebrar essas hierarquias entre seres humanos, quebrar o descompanso do ser humano com o meio ambiente", destacou. 

Simone Pereira (PSD) questionou se houve uma mudança na postura do partido. "Nossa postura tem essa, que de modo intransigente, radical se coloca na defesa dos direitos, a verdade é que é muito difícil ser serena diante de tantos problemas, tanta ingovernabilidade, temos colocado nossas propostas, mas também temos falado que é preciso fazer a crítica", respondeu.

Assista a sabatina na íntegra:



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar