Em reunião ampliada do Diretório Estadual na última semana, o PSOL confirmou George Magno como pré-candidato ao senado

Ao divulgar a decisão na última segunda-feira (25), o PSOL sinalizou que 'se compromete em construir uma campanha que encante o povo do Piauí pela superação das desigualdades sociais e opressões'. O partido conclamou para uma união do ' campo popular e de esquerda para ocupar as ruas e as redes' , entre as lutas políticas encabeçadas pelo PSOL está a defesa dos trabalhadores,  das mulheres, dos negros, dos povos indígenas, e da população LGBTQIA+.

"Percorremos um árduo, porém gratificante caminho, até chegarmos a uma pré- candidatura, a qual ecoassse a fala da nossa gente. O desafio da construção coletiva por um Estado e Pais melhores é o que nos anima e fortalece para continuarmos nessa empreitada de luta", sinalizou George Magno.

George Magno é advogado popular há 24 anos, natural de Piripiri, foi o primeiro Presidente da Subseção de Piripiri-PI, Seccional do Piauí da Ordem dos Advogados do Brasil, membro fundador do Núcleo de Defesa dos Quilombolas, Povos Indígenas/Originários e Comunidades Tradicionais da OAB-PI.

Advogado de Piripiri, George Magno, disputará o Senado pelo PSOL (Foto: Reprodução)Advogado de Piripiri, George Magno, disputará o Senado pelo PSOL (Foto: Reprodução)"Com atuação na defesa dos povos tradicionais e quilombolas, George é um nome que fortalece a construção do PSOL, vindo desde 2018 construindo um projeto chamado, Piauí do Bem Viver", classificou a legenda.

Ele é o sétimo pré-candidato lançado ao Senado no Piauí; a lista já conta com Wellington Dias, Don Lotti, Joel Rodrigues, Professor Ajosé, Fábio Sérvio e Nel Lopes.