O candidato a governador, Sílvio Mendes (União Brasil), a candidata a vice-governadora Iracema Portella e o candidato ao Senado, Joel Rodrigues (ambos Progressistas), continuam a visitar e ouvir a população dos municípios piauienses. Na noite desta sexta-feira (5), a ‘Caravana das Oposições’ marcou presença na cidade de Ilha Grande, no Norte do estado. 

Recepcionados com muita alegria e aplausos pelos populares, o encontro foi organizado pela prefeita do município, Marina Brito, que junto com lideranças políticas locais reafirmaram o compromisso de mudar o futuro do Piauí. 

Em um discurso interativo, assertivo e de muitas reflexões, Sílvio Mendes questionou a prefeita Marina sobre as reais mudanças promovidas pelo governo atual e teceu críticas.

“Hoje perguntei a Marina: o que esse governo fez por Ilha Grande? Ela disse que não fizeram nada, mas isso não aconteceu somente aqui. Ele não fez nada nem aqui, nem em Teresina e nem em qualquer outra cidade desse estado. Isso me faz crer cada dia mais que fiz bem ao retomar minha vida pública. Eu tenho as mãos limpas, mas nosso adversário não pode dizer o mesmo. Ele desvia dinheiro público. Nosso adversário destruiu a educação pública, mas tem o melhor colégio da capital no qual o filho do pobre não tem acesso. Milhares de jovens foram prejudicados este ano por conta de escolas fechadas. Isso para mim é um crime”, disse o candidato.

O encontro também contou com pautas acerca da segurança pública, um dos eixos bastante ressaltados pela população. Sílvio defendeu a necessidade de investir na proteção do povo e apresentou uma de suas propostas para área. 

Sílvio Mendes e Iracema Portella em Ilha Grande (Ascom União Brasil)Sílvio Mendes e Iracema Portella em Ilha Grande (Ascom União Brasil)

“Marina também me disse que Ilha Grande possui 10 mil habitantes e conta com apenas dois policiais. Isso é uma vergonha. Segurança pública é dever do governo do estado. Mas situações assim acontecem em diversas cidades pelo Piauí e isso é reflexo da má política. Como se combate o tráfico de drogas, as gangues e quadrilhas no litoral com dois policiais? O que faremos para mudar isso? Nós vamos dobrar o número de policiais militares nesses municípios”, garantiu. 

Sílvio finalizou a reunião propondo que todos os presentes refletissem sobre qual futuro querem para seus filhos. “Serei um instrumento de todos vocês, quero devolver o que recebi para quem não tem oportunidade. Então peço que reflitam: qual futuro quero para meus filhos? Quero que eles vivam o que vivenciamos hoje ou que sigam um outro caminho que leve a uma vida melhor? Se perguntem. Mas digo e repito: nós estamos prontos, temos experiência e contamos com cada um de vocês para escrever uma nova história para nosso estado”.

Momento de reflexão em Ilha Grande (Divulgação)Momento de reflexão em Ilha Grande (Divulgação)