Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Simone Pereira é sabatinada por outros candidatos à Prefeitura de THE

"Bate Rebate, o Debate" é um formato inédito na tv brasileira.

Compartilhe

Na edição do 'Jogo do Poder' de quinta-feira, 29 de outubro, foi dado andamento a sabatina 'Bate Rebate, o Debate', em que os candidatos à Prefeitura de Teresina fazem perguntas ao adversário convidado.   A confrontada foi a candidata do PSD, Simone Pereira. Apresentado pelo jornalista Amadeu Campos, o formato é inédito na tv brasileira. 

Iniciando a sabatina, Dr Pessoa questionou sobre os projetos para a zona rural. "Não vemos políticas de incentivo para que haja uma produção, para implementar a economia, as creches na zona rural são deficitárias, não há transporte de qualidade; na nossa gestão a zona rural será olhada com outros olhos", disse Simone Pereira. 

Fábio Abreu (PL) disse que o candidato tem se gabado que tem experiência e sabe fazer, mas que não fez o dever de casa, questionando as políticas para pessoas com deficiência. "A PMT se vangloria da educação que se resume a português e matemática, a criança com deficiência tem um espaço muito pequeno na gestão, os profissionais não passam por uma capacitação, e mais o que existe de mais grave nessa história é que existem muitas crianças em Teresina que não possuem um diagnóstico", disse. 

O candidato Fábio Novo (PT) questionou sobre a drenagem de Teresina, seus projetos para mudar a questão dos alagamentos. "Esse é o tipo de obra que fica debaixo do chão, e a Prefeitura é exibicionista, o sistema de drenagem é muito falho, eu prefeita vou criar uma Comissão, chamar a bancada federal à responsabilidade, não podemos permitir que as pessoas continuem a perder bens, isso é um crime contra a população de Teresina, vamos decretar uma situação emergencial e garanto que em 2023 os pontos mais críticos estarão sanados", sinalizou. 

Fábio Sérvio (PROS) perguntou sobre a violência no trânsito, e as propostas para reabilitação. "Sabemos que o problema da saúde em Teresina é um problema de gestão, muitas vezes as famílias fazem uma vaquinha para pagarem consultas, é um atendimento desumano, em Teresina temos profissionais capacitados, mas a gestão da saúde é um caos", afirmou. 

O candidato do PSTU Gervásio Santos quesionou sobre a reforma administrativa e previdenciária. "Candidato, o que a gente vê é uma tentativa de se trazer de novo a ditadura no nosso país, a atual administração querendo cercear os direitos do trabalhador, não podemos permitir essa máfia da terceirização, o que vemos é um verdadeiro festival de terceirização condicionando ao voto, é uma forma de oprimir", sinalizou. 

Gessy Fonseca (PSC) perguntou sobre o projeto para tecnologia na educação de Teresina. "Esses enlatados que a Prefeitura está empurrando goeala abaixo é um absurdo, precisamos rever, chamar os professores para dialogar, é preciso acabar com essa perseguição, essa tirania que existe na Secretaria de Educação, é preciso tirar Teresina do analógico e passar ao digital", afirmou. 

Kleber Montezuma (PSDB) não enviou questionamento e foi sorteado o tema saúde. "Lamentar a não participação dele, assim como não foi no debate do Sindicato dos Servidores da Prefeitura, a pandemia veio desmascarar aquela ideia de saúde de excelência que tinha, o que vemos ssão as Unidades Básicas de Saúde fechadas, e a Prefeitura alegando que é por conta do processo licitatório, UBSs que não tem licitação, não tem vacina", frisou. 

Lourdes Melo (PCO) disse que Simone Pereira é uma candidata laranja, questionando se ela tem conhecimento que um apoiador seu é perigoso. "Fico triste quando você coloca que eu sou uma candidata laranja, que você é mulher como eu,  não sou, sou uma mulher que honro meu papel dentro da política partidária, já que sofreu essas violências deveria procurar os órgãos competentes, mas eu coloco o deputado Júlio César e não é esse homem que você colocou não", destacou. 

Lucineide Barros (PSOL) questionou sobre o endividamento. "A primeira coisa é uma Controladoria Geral do Município que de fato seja comandada por controladores, precisamos também buscar o apoio da nossa bancada, vamos instalar uma Controladoria eficiente, que de fato faça o controle e a fiscalização, e nós mulheres sabemos fazer isso muito bem, e é dessa forma que vamos administrar a Prefeitura", frisou. 

Mjaor Diego Melo (Patriota) perguntou sobre o agronegócio no plano de govern0 da candidata. "Eu não sei porque o senhor tem essa obsessão em relação às questões administrativas, tenho meu grupo político e é o PSD, fui sim secretária do Governo Wellington Dias, e tenho meu grupo político e quero pedir que me respeite, o senhor não tem propostas e vem atacar as pessoas, qualquer indicação política do meu partido eu vou fazer. Vá se tratar, o senhor está obcecado, o senhor tem demonstrado que é desequilibrado, sou Simone Pereira, mulher e tenho peito para encarar qualquer homem que vem me enfrentar", sinalizou. 

Mário Rogério (Cidadania) questionou sobre a inserção dos agricultores na zona rural. "Tenho a firme convicção que a zona rural é ponto fundamental para reestruturar a economia da nossa capital, vamos criar um Centro de Abastecimento como a Ceasa em nível municipal, faremos um projeto de irrigação na zona rural, o agronegócio vai ajudar a reerguer nossa capital", sinalizou. 

O candidato Pedro Laurentino (UP) tratou sobre a violência contra a mulher. "É necessário uma política que possibilite a mulher dar seu grito de liberdade através da sua independência, autossuficiência, essa opressão se dá por falta de políticas públicas, no meu Governo a mulher terá essa autonomia", respondeu.

Assista a sabatina na íntegra:



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar