Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Trump se recusa a aceitar vitória de Biden: "Está longe de acabar"

"Quem decide os votos legais é o presidente, não a mídia", concluiu.

Compartilhe

Logo após a mídia americana declarar o democrata Joe Biden como o novo presidente dos Estados Unidos, o atual presidente Donald Trump publicou uma nota em seu site negando os resultados e afirmando que a campanha eleitoral não acabou. As informações são do G1.

"Todos nós sabemos por que Joe Biden está se apressando em fingir que é o vencedor e por que seus aliados da mídia estão se esforçando tanto para ajudá-lo: eles não querem que a verdade seja exposta. O simples fato é que esta eleição está longe de terminar", afirmou Trump. 

"Quem decide os votos legais é o presidente, não a mídia", concluiu.

LEIA MAIS: Joe Biden é eleito o novo presidente dos Estados Unidos
LEIA MAIS: Conheça quem é Kamala Harris, a vice nada decorativa de Joe Biden 
LEIA MAIS: "É hora de deixar a raiva para trás e nos unirmos", diz Joe Biden
LEIA MAIS: Com derrota nos EUA, Donald Trump pode ser preso

Trump se recusa a aceitar vitória de Biden

Pouco depois, advogados da campanha de Trump afirmaram que houve fraude eleitoral e que medidas legais, como recursos pedindo a recontagem dos votos, serão apresentados à Justiça a partir de segunda-feira (9).

"Nenhum voto [que chegou] pelos correios foi inspecionado", disse o advogado Ruidi Giuliani. "Temos muitas testemunhas."

Segundo a mídia americana, o presidente Trump estaria jogando golfe no momento em Biden foi declarado o ganhador das eleições, por volta das 14h deste sábado (7).

Com o resultado, Donald Trump se tornou o primeiro presidente em exercício a perder a reeleição desde 1992.

Biden presidente

O democrata Joe Biden alcançou os 270 delegados no Colégio Eleitoral neste sábado (7), segundo projeções de diversos veículos de imprensa, número suficiente para derrotar o republicano Donald Trump e se sagrar o 46º presidente dos Estados Unidos.

Nas redes sociais, Biden agradeceu os eleitores e afirmou que será o presidente para todos.

"América, estou honrado por ter me escolhido para liderar nosso grande país. O trabalho que temos pela frente será árduo, mas eu prometo a você o seguinte: serei um presidente para todos os americanos - quer você tenha votado em mim ou não. Vou manter a fé que vocês colocaram em mim", postou Biden no Twitter.

A senadora Kamala Harris se torna a primeira vice-presidente mulher e negra norte americana.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar