Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

"Kassab cedeu a gays", afirma autor do dia do "orgulho" hétero

Apolinário afirma que prefeito quebrou acordo

Compartilhe

O vereador Carlos Apolinario (DEM) acusa o prefeito Gilberto Kassab (PSD) de ter rompido um acordo pelo qual não sancionaria nem vetaria o projeto de lei que cria o Dia do Orgulho Heterossexual em São Paulo.

Autor do projeto, Apolinario disse, em nota enviada ontem à imprensa, que Kassab foi pressionado pelos gays para romper o acordo.



"Ele [Kassab] tirou a Marcha por Jesus e a CUT da Paulista com o argumento de que, na região, há muitos hospitais. Mas manteve lá a Parada Gay! É mais fácil tirar Jesus da Paulista do que os gays...", afirmou Apolinario.

Em entrevista ao jornal "Agora São Paulo" publicada ontem, Kassab disse que vetará o projeto por ser uma medida "despropositada". No início do mês, o prefeito havia dito que o projeto não incentivaria a homofobia pois este "é um projeto como qualquer outro".


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar