A presidente do Tribunal de Contas do Piauí, conselheira Lilian Martins, disse estar feliz com os 123 anos do TCE-PI. "Estamos só iniciando a programação e em duas semas teremos duas semanas de atividades e hoje, essa abertura brilhante, com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux", disse.

A presidente informou que a programação é importante e no dia 17 haverá inauguração do Projeto Memória do TCE. "A sensação de pertencimento de quem faz o TCE é tão forte e intensa que exigiu de nós esse momento. Mostraremos tudo o que aconteceu, a maturidade e a importância da instituição para o controle externo", disse, enfatizando que o TCE - PI se destaca entre os melhores entre os tribunais.

Presidente do TCE, Lílian Martins (Raissa Morais)Presidente do TCE, Lílian Martins (Raissa Morais)

"Claro, temos dificuldades, somos uma instituição pequena", disse, ressaltando que a tendência atual do TCE é ser um tribunal pedagógico. "Estamos incentivando, pois há muitos gestores que não tem má-fé, mas falta conhecimento. A lei existe, mas ela não é tão fácil de se aplicar como se imagina num primeiro momento", disse, afirmando ainda que o sentido do TCE é melhorar para prestar bom serviço à sociedade.

Sobre o cenário político, ela falou que o TCE vai se reservar ao seu papel funcional, independente da política partidária. "Estamos tentando fazer um trabalho concomitante, vendo tudo o que acontece nos municípios e no Piauí para que o que aconteça não resulte nenhum dano ao erário. Otimizamos nosso trabalho, deixando as prestações de contas em dia e começa já neste mês o Plenário Virtual para atender a demanda", disse, enfatizando que vai acompanhar as ações. 

A presidente disse que neste período que já o tribunal já vem recebendo demandas nessa área com abrangência de diversos temas.