Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Mão Santa faz campanha contra veto presidencial

O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, pretende submeter uma série de vetos ao exame

Mão Santa faz campanha contra veto presidencial
Mão Santa faz campanha contra veto presidencial | Divulgação
Compartilhe

O senador M?o Santa (PMDB-PI) reafirmou que vai realizar um campanha semelhante a que fez para derrubar a CPMF para conseguir a queda do veto presidencial que impede reajuste do sal?rios dos aposentados e pensionistas e a queda do decreto que proibe a venda das bebidas alc?olicas nas rodovias federais.

O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, pretende submeter uma s?rie de vetos ao exame do Congresso Nacional, o que pode acontecer esta semana.

Em 2006, a medida provis?ria que elevou o sal?rio m?nimo de R$ 300 para R$ 350 foi alterada pela C?mara dos Deputados por emenda que estendeu o mesmo percentual de aumento a aposentados e pensionistas do Regime Geral da Previd?ncia. A emenda, de autoria da oposi??o, foi mantida pelo Senado, mas o Executivo vetou a emenda ao projeto de convers?o aprovado e concedeu apenas 4% de reajuste aos benef?cios.

O senador M?o Santa, tamb?m protestou contra a proibi??o da venda de bebidas alco?licas nos estabelecimentos situados ?s margens das estradas federais. Na opini?o do senador, a ocorr?ncia de acidentes de tr?nsito pouco tem a ver com esse fato. "Trata-se de um problema de educa??o, tema que o presidente Lula tem negligenciado ao longo de seu governo", destacou.

M?o Santa relatou uma recente viagem que fez pelas estradas no Piau?, quando viu donos de hot?is e restaurantes falindo, porque n?o podem vender bebidas alco?licas. O senador disse que tomar uma cerveja nada tem de errado, o que n?o se pode fazer ? beber e depois dirigir ve?culos, mas essa ? uma quest?o de educa??o, garantiu.

Segundo M?o Santa, quem n?o pode dirigir ? o motorista, os passageiros dos ve?culos e os h?spedes de hot?is podem beber ? vontade. Ele lembrou que os americanos n?o bebem quando v?o dirigir, por causa da maneira como foram educados, mas principalmente por causa da pol?cia, atenta e incorrupt?vel, e por causa das puni?es, muito severas.

Como exemplo de legisla??o severa, M?o Santa disse ter recebido um e-mail de um brasileiro que vive no Jap?o, no qual relata que l? o cidad?o pode beber ? vontade, mas se for apanhado dirigindo embriagado, nunca mais conduzir? ve?culos no pa?s.

Em aparte, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse que proibir a venda de bebidas alco?licas nas estradas federais ? como "retirar o sof? da sala para impedir o adult?rio". Para Mozarildo, o caso ? de educa??o e de repress?o aos motoristas apanhados embriagados.

Ao terminar seu pronunciamento, o senador M?o Santa homenageou as mulheres pela passagem do Dia Internacional da Mulher.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar