Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Oposição ameaça deixar CPI dos Cartões em represália à suposta blindagem do Governo

A oposição está irritada com o comportamento dos governistas que querem evitar quebra de sigilos

Compartilhe

Parlamentares da oposi??o amea?am abandonar a CPI mista (com deputados e senadores) dos Cart?es Corporativos se integrantes da base aliada do governo insistirem em blindar a Presid?ncia da Rep?blica nas investiga?es. A oposi??o est? irritada com o comportamento dos governistas que, al?m de terem conseguido evitar a convoca??o imediata de ministros acusados de irregualidades no uso dos cart?es corporativos, tamb?m estariam trabalhando para evitar a quebra do sigilo dos cart?es da presid?ncia.

"Acho que a oposi??o deve decidir nesta semana se fica na CPI. A estrat?gia do governo ? escamotear as investiga?es. Temos que analisar se vamos nos afastar. N?o podemos mais acreditar em papai noel, os governistas v?o adotar todo o tipo de manobra protelat?ria", disse o vice-l?der do PSDB no Senado, ?lvaro Dias (PR).

O senador Dem?stenes Torres (DEM-GO) reconheceu que a folgada maioria de governistas na CPI poder? trazer preju?zos ?s investiga?es. Assim como Dias, o democrata n?o descarta deixar a comiss?o caso a oposi??o n?o avance na apura??o das irregularidades.

"? uma pizza requentad?ssima. O governo quer esvaziar completamente a CPI, tem maioria s?lida de pessoas que est?o na comiss?o mais para fazer barulho do que para investigar", disse Dem?stenes.

Dias criticou o cronograma apresentado pelo relator, deputado Luiz S?rgio (PT-RJ), que prev? as investiga?es sobre as recentes irregularidades no uso dos cart?es corporativos somente na segunda etapa de trabalhos.

"Isso ? uma estrat?gia protelat?ria. A estrat?gia ? escamotear as investiga?es. Tem os que acham que sair da CPI ? fugir do debate, mas temos responsabilidade de produzir", afirmou.

Leg?timo

Vice-l?der do PMDB no Senado e integrante da CPI, Almeida Lima (SE), negou que o governo esteja manobrando para privilegiar integrantes e ex-integrantes nas investiga?es. Mas, segundo ele, a rea??o da oposi??o em amea?ar o abandono da comiss?o ? um "direito leg?timo".

Por?m, o peemedebista afirmou que os oposicionistas devem ter cuidado para n?o exceder nas suas rea?es. "A oposi??o n?o tem direito ? de agir fora do regimento nem de agridir. Isso, n?o. Quer reclamar? Amea?ar? Pode. Uma coisa ? certa: o governo para se sustentar tem de ter maioria no Parlamento, ? o nosso caso", afirmou Almeida Lima.

Para o peemedebista, ? perfeitamente aceit?vel tamb?m que a base aliada que ap?ia o presidente Luiz In?cio Lula da Silva siga as recomenda?es do Pal?cio do Planalto. "O fato de o governo orientar a a??o parlamentar ? leg?tima", disse ele. "Por vezes, o que resta ? oposi??o ? resignar-se", reagiu o senador.

Cronograma

No cronograma de trabalhos, a CPI priorizou na primeira etapa das investiga?es os depoimentos dos ministros da CGU (Controladoria Geral da Uni?o), Jorge Hage, e do Planejamento, Paulo Bernardo. O objetivo do relator ? ouvir dos ministros as informa?es referentes ao uso dos cart?es na administra??o federal.

Na semana que vem, a CPI tamb?m ouvir? o depoimento do ex-ministro do Or?amento Paulo Paiva, que ocupou o cargo no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Depois dos primeiros 20 dias de investiga?es ? que a CPI pretende ouvir os ministros Orlando Silva (Esportes), Altemir Gregolin (Pesca) e a ex-ministra Matilde Rieiro (Igualdade Racial) suspeitos de usar irregularmente o cart?o.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar