Ao fazer a entrega de 508 registros de imóveis em 60 dias, o presidente da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB), advogado João Pessoinha, diz que a ação foi um marco histórico. "Fomos o primeiro órgão do Brasil a conseguir entregar 508 registros de imóveis expedido pelo cartório em 60 dias", explica.

O processo é contínuo e a meta é entregar até dezembro de 2024 um total de 50 mil registros. Para este ano de 2022, provavelmente em agosto, a expectativa é de entregar registros de imóveis e citou que no momento está trabalhando no Povoado Betinho e no cronograma estão Vila Vitória, PSH Tabocas, Mário Covas e Francisca Trindade.

Para João Pessoinha, a entrega de registro de imóveis é uma das maiores obras sociais e conta com parceria do Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública. "A partir de convênio Eturb, UFPI, Defensoria Pública, IFPI vamos unir forças para regularizar a primeira ocupação do terreno chamado Dandara dos Cocais, começar em julho. Vamos fazer levantamento de diagnóstico da área e se der tudo certo, vamos regularizar todas as ocupações de Teresina que são anteriores a 2018", diz.

João Pessoinha em entrevista ao Programa Banca de Sapateiro (Reprodução)João Pessoinha em entrevista ao Programa Banca de Sapateiro (Reprodução)

Na entrevista ao Programa Banca de Sapateiro da TV Rádio Jornal Meio Norte, falou ainda sobre recapeamento asfáltico de Teresina e falou que neste ano vai recuperar 100 vias da cidade. "No sábado vamos começar a pavimentação da segunda etapa do Promorar, convênio com Banco do Brasil, depois vamos para o Saci", diz.

Política

Quanto a questão política, João Pessoinha diz que hoje não tem 1% de pretensão para ser candidato a qualquer cargo eletivo e confessa estar 1% dedicado ao Republicados e 99% empenhado em trabalhar por Teresina como gestor público.

Com relação a eleição, ele diz que a previsão do Republicanos é fazer três deputados estaduais e um federal.