Após ter solicitado licença prévia no início do semestre, a Ecosun Geração de Energia apresentou um novo requerimento à Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAR), desta vez a licença para a instalação dos projetos de energia fotovoltaica. Com potência de 30 MW, são quinze projetos descritos, do 'Ecosun I a XV', a serem localizados na Zona Rural do município de Floriano. A publicação relacionada a solicitação da empresa se deu na quinta-feira, 20 de dezembro.

Nesse sentido, foi entregue o estudo de impacto ambiental para a análise da instalação. Os procedimentos referentes ao setor são rotineiros no Estado, que vem se destacando na produção de energias limpas, assim, recentemente a empresa Sol Energia apresentou requerimento para a operação de dois parques solares no Piauí, com a atividade de geração de energia solar fotovoltaica a ser desenvolvida nos municípios de São Gonçalo do Gurgueia e em São João do Piauí.

\"
(Crédito: Ambiente e Energia)

Além disso, a Enel também vem desenvolvendo ações nos municípios da região, com a maior área de exploração de energias renováveis ofertada no último leilão da União, o Piauí tem ampliado os investimentos na geração de energia solar e eólica. Em recente reunião com a Enel, foram apresentados os investimentos em São Gonçalo do Gurguéia, que será um grande parque solar da região, duas vezes maior do que a de Ribeira do Piauí (Usina de Nova Olinda), e em outras regiões como Lagoa do Barro e Queimada Nova.Em São Gonçalo do Gurguéia, a planta da Enel, por exemplo, deve entrar em operação no início de 2021 e gerar mais de 850 GWh de energia renovável por ano quando estiver em plena operação. O Grupo Enel investirá cerca de 355 milhões de dólares na construção dessa planta, em linha com os investimentos previstos no plano estratégico da companhia.