mais

Piauí: Governo vai unificar a regulação na Saúde

"Vamos cobrar ainda mais esses encaminhamentos para que as cirurgias eletivas sejam retomadas”.

Após audiência pública que discutiu a retomada das cirurgias eletivas no Piauí, o deputado João de Deus (PT) informou que foram dados alguns encaminhamentos. O primeiro deles, é que a Secretaria Estadual de Saúde vai apresentar um cronograma de retomada das cirurgias eletivas nos próximos 30 dias. 

Leia Mais

O segundo encaminhamento prevê a realização de um estudo para unificar a regulação, que hoje é dividida entre a regulação do Estado e a do município de Teresina. "Vamos cobrar ainda mais esses encaminhamentos para que as cirurgias eletivas sejam retomadas”, explicou João de Deus.

Deputado João de Deus vai cobrar a retomada de cirurgias eletivas (Thiago Amaral)Deputado João de Deus vai cobrar a retomada de cirurgias eletivas (Thiago Amaral)

Participaram da audiência pública o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, e representantes do Conselho Estadual de Saúde, OAB-PI, Hospital Universitário, Hospital Getúlio Vargas e demais entidades ligadas à Saúde no estado.

Em reposta às críticas feitas à Saúde pela deputada Teresa Britto (PV), o deputado João de Deus (PT) disse que o Piauí tem problemas em muitas áreas, mas pediu que ninguém esquecesse os avanços que foram dados nos últimos anos. 

“O Piauí avançou em todas as áreas e eu desafio alguém citar um setor que não avançamos. O Piauí é um dos estados mais pobres da federação e essa afirmação foi levada por anos como justificativa para que o Estado não crescesse. Mas o Governo de Wellington Dias vimos esse estado avançar, e não adianta querer dizer que não porque a população vê”, finalizou o deputado.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail