Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauí poderá buscar novo empréstimo de R$ 77 milhões

Ação engloba o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola

Piauí poderá buscar novo empréstimo de R$ 77 milhões
xxxxxxxxxxxxxxxx | xxxxxxxxxx
Compartilhe

O governador Wellington Dias (PT) sancionou a lei que autoriza o Piauí a pleitear uma nova operação de crédito no valor de U$ 20 milhões (cerca de R$ 77 milhões no câmbio atual). O empréstimo engloba o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) para o financiamento do Programa de Inclusão Produtiva e Cidadania no Semiárido Piauiense (Viva o Semiárido).

O foco do programa são as famílias rurais pobres, com ou sem terra, trabalhando na agricultura ou em atividades não agrícolas. A parceria do Governo do Piauí com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola das Nações Unidas (FIDA) já contou com investimentos de R$ 106 milhões, de modo que o organismo da ONU tem auxiliado as famílias de 89 municípios a aprimorar seus negócios, aumentar a produtividade dos cultivos e desbravar novos mercados.

\"\"


A importância do programa Viva o Semiárido é amplificada pelo fato de que estimula atividades que podem elevar tanto a capacidade de consumo dos agricultores familiares, quanto o potencial de venda dos alimentos por eles produzidos. O FIDA também desenvolve ações de adaptação das propriedades agrícolas às condições climáticas. As cadeias e modelos produtivos visados pelo projeto são a apicultura, ovinocaprinocultura, cajucutura, piscicultura, quintais produtivos, mandiocultura, artesanato, entre outros. Outra frente de atuação é o incentivo à articulação a nível local, a fim incluir a população em espaços de discussão sobre políticas e programas governamentais. Com a iniciativa, o fundo da ONU espera ainda fortalecer economicamente as cooperativas de produtores, tornando-as aptas a replicar boas práticas e  promover o acesso a mercados.

A possibilidade da contração de operação de crédito sintetiza a saúde financeira do Estado, neste mês, por exemplo, o Senado já autorizou o Piauí a pleitear empréstimo de no valor de US$ 44,9 milhões (Cerca de R$ 175,1 milhões) junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O montante é destinado para investimentos no Projeto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Fiscal do Estado do Piauí (Prodaf).


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar