Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Porto e Matos disputam comando estadual do PPS no MA

Porto e Matos disputam comando estadual do PPS no MA

Compartilhe

O vice-governador do Estado, pastor Luiz Carlos Porto, trava uma disputa surda pela presid?ncia do PPS com o dirigente estadual da legenda, Paulo Matos. Na interpreta??o do grupo alinhado com o pastor Porto, incluindo a deputada estadual Eliziane Gama, a vinda do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, na semana passada, evidenciou uma crise interna.

O vice-governador do Estado, pastor Luiz Carlos Porto, trava uma disputa surda pela presid?ncia do PPS com o dirigente estadual da legenda, Paulo Matos. Na interpreta??o do grupo alinhado com o pastor Porto, incluindo a deputada estadual Eliziane Gama, a vinda do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, na semana passada, evidenciou uma crise interna.

Freire esteve em S?o Lu?s no lan?amento do projeto ?P? na Estrada?, confirmando uma resolu??o nacional que recomenda o lan?amento de candidatura pr?pria nos munic?pios com popula??o superior a 100 mil eleitores. Em tese, no Maranh?o, al?m da capital somente Imperatriz o PPS lan?aria candidatura pr?pria.

O presidente estadual do partido, Paulo Matos, n?o identifica focos de crise. Acha natural que neste per?odo pr?-eleitoral os debates estejam sendo travados, principalmente em torno da proposta de candidatura pr?pria.

?Estamos lan?ando um desafio: vamos disputar em pelo menos 65 munic?pios maranhenses com candidatura pr?pria?, disse o presidente estadual do PPS, Paulo Matos. O n?mero ? amparado pela coordenadoria eleitoral do partido no estado que recomenda que o PPS aponte candidato sem coliga??o em cidades com eleitorado entre 15 e 100 mil eleitores.

Segundo Matos, a candidata natural do partido ? sucess?o do prefeito Tadeu Pal?cio seria a deputado estadual Eliziane Gama, que ?tem realizado um mandato de destaque na Assembl?ia Legislativa?.

Porto, por enquanto, n?o fala sobre o assunto. Mas o grupo que o acompanha pensa em solu?es extremas como a interven??o nacional no diret?rio estadual. O mandato de Paulo Matos somente se encerra muito depois das elei?es de outubro, em fevereiro de 2009.

Enquanto n?o se define por candidaturas, o PPS vem mantendo di?logo aberto com outras legendas e dirigentes partid?rios.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar