Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

PT/SP admite dar vice de Marta ao PMDB

arta disse que não confiava no PMDB a ponto de entregar a vice ao partido em SP

Compartilhe
Google Whatsapp

Um dia ap?s o presidente Luiz In?cio Lula da Silva ter dado aval ? candidatura Marta Suplicy (PT) ? Prefeitura de S?o Paulo, a dire??o do partido na capital paulista sinalizou ontem que dever? mudar suas diretrizes em rela??o ao que foi feito em 2004 e pretende abrir as portas da sua chapa para ter o PMDB na vaga de vice.

Na elei??o anterior, quando a ent?o prefeita Marta Suplicy foi derrotada por Jos? Serra (PSDB), o PMDB ficou fora de sua chapa por ter exigido o posto de vice, que acabou ocupado pelo hoje deputado estadual Rui Falc?o (PT). A "chapa puro-sangue" petista estremeceu as rela?es com o ex-governador Orestes Qu?rcia, principal l?der peemedebista no Estado.

Na ocasi?o, Marta disse que n?o confiava no PMDB a ponto de entregar a vice, j? que, a exemplo do que poder? ocorrer em 2010, ambicionava disputar o governo de S?o Paulo.

O presidente do Diret?rio Municipal do partido na capital paulista, Jos? Am?rico Dias, afirmou que a vaga de vice ser? ocupada por um nome vindo de PMDB, PR, PC do B ou PSB.

Dias dever? ser um dos coordenadores da campanha e, na condi??o de respons?vel pelo GTE (Grupo de Trabalho Eleitoral) do PT, vem tratando das coliga?es com outros partidos.

"Estamos procurando partidos que est?o na coaliza??o em torno do governo Lula. No que depende de mim, isso deve evoluir para a quest?o da vaga de vice, inclusive com o PMDB. Mas qualquer decis?o ser? referendada pelo PT", disse.

O grupo da ministra em S?o Paulo avalia, por?m, que um acordo com Qu?rcia passar? pelo Pal?cio do Planalto. Uma das cartas postas ? mesa inclui a transfer?ncia do controle da Ceagesp, principal central de abastecimento do Estado, ao ex-governador do PMDB.

Outro ponto a negociar s?o as chapas em cidades paulistas importantes. Peemedebistas querem que o PT retire candidaturas com poucas chances em favor do PMDB.

Esse ponto est? sendo tratado com Edinho Silva (PT), prefeito de Araraquara, terra de Marcelo Barbieri, o principal afilhado pol?tico de Qu?rcia.

O ex-governador, por enquanto, tem batido na tecla de que o melhor para o PMDB seria uma candidatura pr?pria. Em 2004, Michel Temer foi vice de Luiza Erundina (PSB).

Qu?rcia tamb?m mant?m di?logos com o tucano Geraldo Alckmin, outro pr?-candidato. As conversas, segundo alckmistas, estariam em est?gio avan?ado. Na elei??o de 2006, Alckmin, ent?o candidato ao Planalto, foi criticado por ter aceitado o apoio do peemedebista Anthony Garotinho (RJ).

Planalto

O presidente Lula disse ontem que se manter? neutro durante o processo de escolha de candidatos do PT ?s elei?es deste ano. "Se houver dois ou tr?s nomes, a prud?ncia indica que eu n?o devo participar."

A afirma??o foi feita em Araraquara (SP), administrada pelo petista Edinho Silva, onde Lula inaugurou uma escola e assinou ordem de servi?o para iniciar duas obras do PAC (Programa de Acelera??o do Crescimento). "Se um ministro quiser sair para disputar alguma coisa, ? uma decis?o unilateral. O PT tem tempo para decidir isso ainda, mas certamente o que todo mundo sabe ? que Marta ? uma boa candidata."


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar