As urnas eletrônicas de votação e de contingência que serão utilizadas neste domingo (13) na Eleição Suplementar no município de Murici dos Portelas, além das suas respectivas mídias (flash de votação, contingência e de resultado), bem como as cédulas de papel, para um eventual uso de urnas de lona devido à falha em equipamento eletrônico, foram preparadas na manhã deste sábado (12), pelo Cartório da 33ª Zona Eleitoral do Piauí, que fica sediado em Buriti dos Lopes e é o responsável pela jurisdição eleitoral do município de Murici dos Portelas.

O evento foi presidido pelo Juiz Eleitoral da citada Zona, José Carlos da Fonseca Lima Amorim, e contou com a presença da representante do Ministério Público Eleitoral local, Promotora de Justiça Eleitoral Francineide Sousa Silva, além de representantes dos partidos políticos locais e de servidores da Justiça Eleitoral. “Agradeço ao Presidente do TRE-PI, Desembargador José James Gomes Pereira, pelo contato permanente que sempre manteve conosco e por nos proporcionar todo o apoio necessário para a realização dessa empreitada desse pleito suplementar e, também, a toda a equipe da Justiça Eleitoral, de Teresina e aqui dessa 33ª Zona”.

Urnas e seções preparadas para Eleição Suplementar em Murici dos Portelas - Foto: IlustrativaUrnas e seções preparadas para Eleição Suplementar em Murici dos Portelas - Foto: Ilustrativa

A Promotora Francineide Silva destacou que “O Ministério Público está atuando diuturnamente, juntamente como o Juiz Eleitoral, dentro do que lhe compete, na fiscalização de todas as ações atinentes ao pleito, contando com a colaboração das Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal, todos imbuídos do mesmo propósito de atuar para que o eleitor possa exercer o ápice da sua cidadania com o voto”.

Os procedimentos iniciaram-se com a geração, de modo público e aberto a todos, dos flash de votação e de contingência, que são uma espécie de cartão de memória, com os dados referentes aos eleitores, candidatos e partidos políticos. Após essa ação, procedeu-se a cerimônia, também pública, de Carga, Lacre e Auditoria das urnas eletrônicas de votação e daquelas que serão usadas em uma eventual contingência.

O transporte das urnas e dos materiais de apoio como cabines de votação, listas de candidatos, placas com os números das seções, cartazes informativos, orientações sobre as medidas de prevenção a covid-19, marcas de distanciamento no chão, de Buriti dos Lopes para o município de Murici dos Portelas, distantes cerca 75 km um do outro, foi definido para o período da tarde, com a montagem das seções eleitorais iniciando-se imediatamente. A guarda dos locais de votação será por um policial militar, desde a instalação da seção e até a sua desmontagem, no domingo, após o pleito.

Duas candidatas disputam o cargo de prefeito: Chaguinha da Saúde (PSD) tendo como vice Isabel Cristina, e Aurideia Santos (PTB) em chapa com Eneas Albuquerque.

Aurideia teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral, mas recorreu da decisão e estará presente nas urnas eletrônicas de votação, na condição de: “Indeferida Sub Júdice”.

Quantitativos, Dia da Eleição e Diplomação

São ao todo 5.528 eleitores distribuídos em 14 locais de votação, sendo dois no Centro e 12 em localidades na Zona Rural, atendidos por 22 seções eleitorais.

Receberam carga 29 urnas ao todo, sendo 22 urnas eletrônicas de votação e mais 7 urnas eletrônicas que ficaram à disposição para os casos de contingência.

As seções eleitorais montadas neste sábado (12) iniciarão os trabalhos às 7h deste domingo (13), com a emissão e assinatura da Zerésima pelos mesários, fiscais, eleitores, e eventualmente candidatos e autoridades presentes, em cada local de votação, e a partir daí iniciado o processo de votação, estendendo-se até 17 h, ou prosseguindo além desse horário, caso ainda existam eleitores em filas. Concluída a votação, terá início a emissão dos boletins de urna, a apuração dos resultados e a elaboração da Ata Geral das Eleições.

Os candidatos, inclusive a vice, e os partidos políticos deverão encaminhar ao Juiz da 33ª Zona Eleitoral, as prestações de contas até a próxima sexta-feira (18), por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais - SPCE.

O julgamento das mesmas deverá ser publicado pelo Cartório Eleitoral no Mural Eletrônico até o dia 31 de março – candidata eleita, e até o dia 29 de abril – candidata não eleita.

A diplomação da nova Prefeita eleita será fixada e executada pelo Juiz Eleitoral, obedecido o prazo máximo de 4 de abril de 2022. Após esse ato, Câmara Municipal de Murici dos Portelas deverá dar posse a ambos, em seus respectivos cargos, para entrada em exercício imediato nas funções.