mais

W. Dias revela que alteração no ICMS gerará perda de R$ 24 bi aos Estados

Proposta prevê que o valor do imposto seja calculado com base na variação dos últimos dois anos; enquanto atualmente o cálculo versa para 15 dias.

Diante da apreciação pela Câmara dos Deputados da proposta que modifica a forma de cobrança do ICMS dos combustíveis, o governador piauiense Wellington Dias (PT) reagiu nesta quarta-feira, 13 de outubro, sinalizando para as perdas que a alteração traria aos entes federados. 

A matéria prevê que o valor do imposto seja calculado com base na variação dos últimos dois anos; enquanto atualmente o cálculo versa para 15 dias.

Estimativa do Comsefaz aponta que a queda na arrecadação chegaria a R$ 24,1 bilhões. Nesse sentido, comprometeria até mesmo serviços básicos nos Estados brasileiros. 

"Pelos estudos do Conselho dos Secretários de Fazenda dos estados, há sim uma perda, não é deixar de ganhar, é uma perda de R$ 24,1 bilhões  para Estados e municípios, e em um momento delicado do país". 

O governador Wellington Dias reagiu a proposta que altera o cálculo (Foto: CCOM)O governador Wellington Dias reagiu a proposta que altera o cálculo (Foto: CCOM)

Nisso, o chefe estadual voltou a defender a capitalização de um fundo de equalização, que possa equilibrar os preços dos combustíveis. "Por que que não se trabalha com muita força a proposta que o próprio ministro Paulo Guedes e agora o próprio Bolsonaro já admitiram? De capitalizar o fundo de equalização dos combustíveis. Isso sim, faz cair o preço da gasolina para aproximadamente quase R$4,50 e não apenas 40 centavos como é essa proposta da Câmara. Na verdade, a gente tem que trabalhar mesmo é pela reforma tributária e tem acordo dos governadores. Aqui sim, vai fazer a diferença". 

[email protected]


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail