mais

Wellington Dias assina contrato de concessão do Centro de Convenções

A empresa terá o uso pelos próximos 20 anos e será responsável pela modernização, exploração, operação e manutenção do equipamento

O governador Wellington Dias assinou, nesta quarta-feira (9), o contrato de concessão do Centro de Convenções de Teresina. A gestão ficará com a empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, que pretende iniciar as obras e entregá-las por etapas, com finalização em até 12 meses. No projeto elaborado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), a empresa terá o uso pelos próximos 20 anos e será responsável pela modernização, exploração, operação e manutenção do equipamento. A concessionária deve investir entre R$ 7 milhões e R$ 10 milhões.

“Hoje, assinamos esse contrato para que a gente, não apenas tenha a retomada da obra do Centro de Convenções, mas também para que possamos cuidar de que ele seja um instrumento de desenvolvimento, que gera emprego e renda, como era o objetivo, lá atrás. Agradeço a todos que participaram para que chegássemos a essa modelagem com essa empresa que, não só tem experiência de começar e terminar obra, mas de fazer funcionar equipamentos como esse. Como a entrega será por etapas, daqui a uns meses, teremos a primeira etapa concluída e, daqui a um ano, poderemos inaugurar nosso Centro de Convenções de Teresina para abrigar importantes eventos”, destacou o chefe do Executivo estadual.

Toda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: CcomToda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: Ccom

Toda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços da capital. “Falta cerca de 20% para a conclusão da reforma, modernização e ampliação do Centro de Convenções e, hoje, assinamos esse contrato de Parceria Público-Privada com uma empresa bastante conhecida no mercado de eventos, que tem experiência na parte de arquitetura promocional. Isso é tudo que Teresina, uma cidade de turismo de negócios, precisa: um Centro de Convenções moderno, ampliado, novo. O prazo para conclusão da obra, a partir da assinatura do contrato, são de 12 meses, mas a empresa vai tentar acelerar para entregar antes”, afirmou o secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira.

De acordo com a superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, as obras serão entregues por etapa para que a população já consiga utilizar o espaço. “Agora, a concessionária assume a gestão do equipamento e, após um período de transição, vai começar a fazer algumas intervenções para que, na sequência, começarmos efetivamente as obras, com previsão de conclusão até junho 2022. Trabalhamos em um projeto para ser entregue por etapas para que a população já possa utilizar o Centro de Convenções conforme as etapas sejam entregues. Serão cinco etapas, no qual a primeira será a limpeza, estacionamento, depois, restaurante até chegar na conclusão da obra”, ressaltou.

Toda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: CcomToda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: CcomToda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: Ccom

Conforme o projeto, a empresa DMDL Montagens de Stands assumirá a conclusão do restante da atual obra, além de equipar e mobiliar o Centro de Convenções. A iniciativa contempla um auditório para 1.200 pessoas, um bloco para área administrativa com salas para eventos pequenos e médios, banheiros adaptados, um restaurante, um estacionamento com mais de 300 vagas, lanchonete, além das áreas externas.

Toda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: CcomToda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: CcomToda a infraestrutura visa a contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços - Foto: Ccom

“Hoje, é a assinatura do contrato. Na próxima semana, teremos a primeira reunião de recebimento do pavilhão do Centro de Convenções e 12 meses para a conclusão das obras. Já estamos trabalhando com os orçamentos, com as devidas compras e o cronograma de obra dá início já na semana que vem, no qual a primeira etapa é a limpeza e, a partir daí, vamos avançando para que, daqui a 12 meses, possamos inaugurá-lo. As entregas vão acontecer de forma parcial. A primeira etapa será a liberação do estacionamento e, depois, a entrega do restaurante. A cada três ou quatro meses, pretendemos entregar as outras etapas”, confirmou Frederico Freitas, empresário sócio da empresa DMDL.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail