Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Após bebê morrer eletrocutado, médico faz alerta sobre acidentes

Compartilhe

Um bebê de nome Heitor Lucca, de sete meses, morreu eletrocutado dentro da própria residência no bairro Angelim, na zona Sul de Teresina,  no momento em que 'brincava' com um carregador de celular que estava conectado à tomada. De acordo com info0rmações repassadas por familiares, a criança teria colocado o carregador na boca. O médico pediatra Ednaldo Miranda, durante entrevista ao vivo no Agora, deu dicas e fez alerta para os pais sobre quais cuidados tomar em casos como este. 


“Qualquer objeto ligado à rede elétrica tem risco de ocorrer um acidente. Objetos como micro-ondas, chuveiro elétrico e vários aparelhos ligados em uma só extensão aumentam a corrente elétrica, derrete um fio, ele fica exposto e ao por a mão, a criança acaba recebendo o choque. Então, são de 30 a 40 casos por ano. Temos casos variados. Ontem, uma criança colocou o dedo no arame de um caderno e perfurou e temos casos simples, por exemplo, caso de uma criança que vai ao vazo sanitário e não consegue sair”, afirmou.