Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Após ônibus queimado, empresa calcula prejuízo de quase R$ 400 mil

Compartilhe

Na noite desta segunda-feira (09/01), estudantes fizeram uma manifestação contra o aumento da tarifa de ônibus urbanos de R$ 2,75 para R$ 3,30, concedido pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). No ato, alguns jovens tocaram fogo em um ônibus como forma de protesto. Um dos jovens que participou do ato, durante fala no Agora, avisou que podem ocorrer novos protestos. 

“Eu participei, queimei, sim. Nós usamos álcool e pedra. Se a polícia agredir a gente de novo, a gente toca fogo, sim, e a qualquer hora. A qualquer hora podemos fazer essas coisas de novo”, contou o adolescente durante reportagem do Agora, que preferiu não ter o nome divulgado. 

Após ônibus queimado, empresa calcula prejuízo de quase R$ 400 mil (Crédito: Rede Meio Norte)
Após ônibus queimado, empresa calcula prejuízo de quase R$ 400 mil (Crédito: Rede Meio Norte)

O representante do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut), Marcelino Lopes, informou que irá cobrar junto à polícia punição para quem participou do ato. “Nós já pedimos a pericia do veículo ainda ontem. Hoje pela manhã nos encontramos com o secretário de segurança e pedimos auxilio. Nós esperamos que a polícia possa agir, casos seja necessário. Nós não podemos aceitar esse tipo de ato criminoso”, afirmou.

Segundo Marcelino, caso ocorra mais protestos com atos de vandalismo, a frota poderá ser diminuída ou até parada. “Os motoristas já são orientados em caso de incêndio e todo veículo é equipado com extintor. Caso não consiga, paciência. Todos estão informados que, se houver qualquer tipo de protesto sem segurança e dessa forma violenta, aí teremos que mandar reduzir ou até mesmo parar a frota" , acrescentou.