Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Audiência pública discute segurança das escolas da rede municipal

Compartilhe

Nesta quinta-feira (28), foi realizada uma audiência pública na Câmara Municipal de Teresina para discutir os constantes crimes que têm acontecido nas escolas da rede municipal de ensino, especialmente arrombamentos e assaltos. A audiência foi proposta pelo vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT). 

De acordo com o vereador, o objetivo da reunião era discutir possibilidades de incremento na segurança das escolas. Dudu criticou as medidas adotadas pela Prefeitura de Teresina, que substituiu os vigias das escolas por sistemas eletrônicos de vídeo e alarme. 

“Hoje isso virou um caso gravíssimo. Depois que a prefeitura retirou das escolas os vigias à noite, virou um caos. Alegando que a segurança eletrônica era mais eficiente, a prefeitura retirou os vigias da noite e isso incidiu em casos que deixam todos nós estarrecidos”, afirmou o vereador. 

Audiência aconteceu nesta quinta-feira (28) (Crédito: Reprodução)
Audiência aconteceu nesta quinta-feira (28) (Crédito: Reprodução)

Em Teresina, 108 ocorrências do tipo já foram registradas em escolas da rede municipal somente em 2017. A capital atualmente conta com 303 escolas, das quais 88 já foram alvo de assaltos e arrombamentos. Os Secretaria Municipal de Educação não mandou nenhum representante para a audiência, que contou com a participação de membros do Ministério Público e da Guarda Municipal. 

Na madrugada da última quarta-feira (27), o Escolão do Itararé, que atende a mais de mil alunos na zona sudeste, foi alvo dos criminosos. Somente este ano a escola já foi invadida três vezes. 

O vereador R.Silva, da base aliada do prefeito Firmino Filho, afirmou que a segurança das escolas deve ser garantida pelo Estado. Segundo ele, a prefeitura tem investido na segurança ao convocar mensalmente novos guardas municipais. 

“A prefeitura mudou em algumas escolas em função da onda de violência que era registrada, logicamente que continua essa mesma violência, mas, o prefeito vem colocando homens na Guarda Municipal praticamente todos os meses”, afirmou o vereador. 

Escolão do Itararé  (Crédito: Reprodução)
Escolão do Itararé (Crédito: Reprodução)



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar